Celebridades

Bruna Linzmeyer revela empecilhos na carreira por orientação sexual: "Trabalhos foram diminuindo"

No ar em 'Pantanal' e com anos de carreira na TV, Bruna Linzmeyer relembrou o momento delicado em que trabalhos foram cancelados após assumir sua orientação sexual.

3 min de leitura
06 Abr 2022 - 19h54 | Atualizado em 06 Abr 2022 - 19h54

Durante uma entrevista ao podcast ‘Podpah’, Bruna Linzmeyer relembrou o episódio em que foi sua orientação sexual foi revelada ao público por um veículo de comunicação. Segundo o relato, durante o momento turbulento em sua carreira, ela foi aconselhada por pessoas ao redor a negar a informação, coisa que nunca passou por sua cabeça,

Foi em 2015. Eu já estava há cinco anos na TV e já namorava a Kitty (Féo, cineasta), que foi minha primeira namorada, há uns bons meses. (…) As pessoas que trabalhavam comigo cogitaram negar”, revelou. Em seguida, a intérprete de Madeleine na primeira fase de ‘Pantanal’ esclarece que essa opção sequer foi cogitada por ela. “Eu disse: ‘Não. Isso não é uma possibilidade. Eu não estou cogitando negar. A partir de agora, a gente vai ter que lidar com o que vai acontecer. Se eu negar isso, vou me corroer por dentro’”, desabafou. Após o ocorrido, Bruna chegou a perder alguns trabalhos que estavam marcados com antecedência. “As coisas foram cancelando. [Eles diziam:] ‘Não vai mais acontecer’ e tal”, expôs.


Corte do podcast 'Podpah'. (Vídeo: Reprodução/YouTube)


No início, houve uma preocupação por parte da ativista. Entretanto, segundo ela, as coisas foram “se construindo de outro jeito”. “Hoje em dia, as pessoas me chamam porque eu sou sapatão também. Querem estar comigo porque eu tenho e tive essa coragem. Hoje em dia, é mais tranquilo falar disso do que era naquela época. Tem muito trabalhos, tanto no cinema ou na publicidade, de pessoas que chegam perto de mim porque gostam de quem eu sou”, contou. Ela também confessou que isso funciona “quase como um filtro”.

Se você não quer trabalhar comigo por eu ser sapatão, talvez seja bom [pra mim]”, analisou. Ainda assim, segundo ela, a pressão do mercado de trabalho segue sendo um empecilho. “Existe uma pressão velada. Conheço atrizes mais velhas que, depois de se assumirem, não foram mais chamadas pras coisas. Os trabalhos foram diminuindo. Atrizes que, até pouco tempo atrás, tinham em seus contratos que não podiam falar sobre suas orientações sexuais”, revelou a namorada da DJ e artista visual Marta Supernova.


Episódio completo do podcast. (Vídeo: Reprodução/YouTube)


Bruna Linzmeyer, de 29 anos, nasceu em Corupá, no interior de Santa Catarina. Sua carreira nas telinhas começou em 2015, na série ‘Afinal, o que querem as mulheres?’, da TV Globo. De lá pra cá, ela emendou diversos personagens marcantes, como a professor Juliana, protagonista de ‘Meu pedacinho de chão’, e a patricinha Madeleine na nova versão de ‘Pantanal’.

 

Foto destaque: Bruna Linzmeyer. Reprodução/Gshow.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo