Notícias

Bárbara Coelho conta que sofreu o "golpe do cheiro" ao usar carro por aplicativo

A jornalista e apresentadora do programa Esporte Espetacular, Bárbara Coelho, contou ao programa Encontro, que sofreu o 'golpe do cheiro' quando usou carro por aplicativo.

3 min de leitura
12 Ago 2022 - 18h47 | Atualizado em 12 Ago 2022 - 18h47

Durante sua participação no programa “Encontro”, nesta sexta-feira (12), a apresentadora do Esporte Espetacular, Bárbara Coelho, contou ter sofrido uma tentativa de 'golpe do cheiro' em um carro de aplicativo.

Segundo a jornalista, a tentativa de dopagem ocorreu na quarta-feira (10), durante uma viagem curta, para o médico.

Bárbara contou que não sentiu nada ao entrar no carro, percebeu apenas que o mesmo estava muito sujo, em pouco tempo ela percebeu um cheiro forte. "Em menos de dois minutos eu senti um cheiro forte", contou ela.



Ao perceber o que estava acontecendo, a jornalista mandou sua localização em tempo real para uma amiga, dizendo que algo estranho estava acontecendo no carro. Em pouco tempo, ela começou a passar mal.

"Durante esse período, o motorista mandou um áudio estranho para alguém pedindo cesta básica. Me pareceu uma necessidade de mostrar que era do bem, que estava tudo certo. Foi muito aleatório aquele pedido de festa básica durante a corrida, primeiro que nem se usa o telefone, ou não deveria usar", relatou.

Após inalar o cheiro forte, a apresentadora disse que começou a perder os sentidos como: dificuldade para falar e falta de ar.

Com isso, a jornalista fingiu ter mandado um áudio para o seu marido e dizendo para ele a esperar na porta porque estava chegando. Na hora do “envio” do áudio, Bárbara disse que o motorista a encarou estranho pelo retrovisor, assustado.



Segundo Bárbara, ela pediu para que o motorista parasse o carro e, mesmo questionando, ele estacionou. Então a jornalista pediu ajuda em uma banca e chorou.

Uma toxicologista foi entrevistada durante o programa e, segundo ela, baseando-se no relato de Bárbara, o produto usado poderia ter sido um tipo de solvente orgânico, que se dispersa no ambiente rapidamente.

"O solvente entra rápido no organismo por meio da respiração, atinge rapidamente o cérebro e gera esses sintomas: sonolência, sensação de desmaio, enjoo e confusão mental", comentou a especialista.

Ainda segundo a doutora, a explicação para o motorista não ter sido afetado com os efeitos do produto poderia ser por causa do vidro que estava aberto, ou porque o motorista teria borrifado o solvente apenas no lado do passageiro, deixando ele livre de qualquer dano do solvente.

 

Foto destaque: Bárbara Coelho. Reprodução/Globo

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo