Notícias

Babá pula a janela do terceiro andar para fugir de patroa agressiva

Raiana Ribeiro da Silva detalhou ontem (5) ao Fantástico a sua experiência traumatizante com a ex-patroa Melina Esteves França, que a agrediu fisicamente após ela contar que desejava sair do emprego

3 min de leitura
07 Set 2021 - 14h00 | Atulizado em 07 Set 2021 - 14h00

A babá Raiana Ribeiro, de 25 anos, caiu do terceiro andar de um prédio no bairro Imbuí, em Salvador, na tentativa de sair da casa pela janela do banheiro para fugir das agressões físicas e verbais que a sua ex-patroa estava realizando contra ela.

Para o Fantástico, a babá confessou que ficou em choque ao se ver envolvida nessa situação “Não dá para descrever o que eu senti, porque na hora você só sente uma angústia de se livrar, de sair dali. Por mais que você ‘está apanhando’, você só vê aquela forma de sair dali”.


Raiana Ribeiro debilitada após agressões de Melina Esteves. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Raiana Ribeiro debilitada após agressões de Melina Esteves. (Foto: Reprodução/TV Globo)


Em entrevista à TV Bahia, Raiana confessou que, além das agressões, também não podia se alimentar no horário do trabalho “Não tem corpo que aguente ficar sem alimentação, sem beber e ainda recebendo pancada. Eu lembro que minha cabeça começou a rodar e eu ficava sem conseguir respirar direito”.

Leia mais: Haters: os grupos de odiadores que ameaçam anonimamente a liberdade

Leia mais: Lei antiaborto do Texas dá direito aos cidadãos processarem as mulheres que abortarem

Leia mais: Tempestade Ida deixa ao menos 60 mortos no nordeste dos EUA

Melina Esteves está sendo investigada por violência doméstica contra outras 11 ex-funcionárias. O seu advogado, Marcelo Cunha, relevou que a empregadora tem transtorno psicológico diagnosticado como Borderline e não estava em tratamento, justificando à TV Bahia que “As agressões são nítidas porque os vídeos estão aí. As agressões surgiram por proteção materna. É o primeiro item, proteção materna. Além das outras babás que passaram recentemente, que também maltrataram as crianças, isso inclusive já é objeto, talvez a mídia não saiba de outros inquéritos denunciados pela Melina na 9ª delegacia, lá na Boca do Rio”.

 

Foto destaque: Raiana Ribeiro dando entrevista após a agressão de Meline Esteves. Reprodução/TV Globo.

Deixe um comentário