Saúde

Austrália: o 1° país a decretar obrigatoriedade da vacina contra Covid

O primeiro passo a lua, pode-se dizer que quem deu a largada foi o pais da Austrália, tornando a vacina contra Covid-19 uma obrigatoriedade para a população, visando o bem estar e a segurança de todos, o novo decreto ainda não esta valendo.

3 min de leitura
22 Jan 2022 - 12h15 | Atualizado em 22 Jan 2022 - 12h15

Já foi comprovado cientificamente que a vacinação é a solução contra a propagação da Covid-19, entretanto o início da pandemia foi tratada como uma gripe e fez com que milhares de pessoas morressem entre diversas faixas etárias, a vacina vem salvando vidas das demais variantes da Covid-19, mas ainda há aqueles não se vacinaram.

Com isso, a Austrália deu o seu 1° passo a lua, nesta quinta-feira, 20, o país adotou a medida de obrigatoriedade da vacinação contra a Covid, é o primeiro país da União Europeia a tomar a medida para evitar a propagação das variantes. O Parlamento Austríaco levou de 137 votos a 33 da oposição, garantindo assim a vitória.


Vacina anti-Covid (Foto: Reprodução/Santanna Vilage/BBC)


 

A obrigatoriedade da vacinação ainda não entrou em vigor, isso acontecerá na primeira semana de fevereiro. O início está previsto para o dia 04, mas a lei está se tornando um alvoroço na população do país, pois muitos não vacinados são contra a ter que se vacinar para assim pode viver normalmente e transitar livremente pelo país sem se vacinar.

Um pouco antes de iniciar a votação, Karl Nehammer, chefe de governo conservador disse: “A vacinação é a oportunidade para que a nossa sociedade conquiste a liberdade sustentável e contínua, sem que um vírus nos limite”. Para concluir, reconhecendo que não será fácil impor essa nova regra, Karl complementou: “é um tema de debate muito intenso”. 

Houve uma medida em novembro, para impulsionar a população a se vacinarem contra o vírus para não ter novos casos no país, porém apenas um terço da população austríaca se manifestou todos os finais de semana contra a nova lei e contra o impulsionamento do governo para a vacinação. Agora, para mostrar a seriedade nesse novo decreto haverá uma multa para quem negar a se vacina, o valor ainda não foi estimado, mas está sendo estimado entre 600€ a 3.600€ (US$ 680 e US$ 4.100).


Protesto pacifico contra o decreto de obrigatoriedade da vacina. (Foto: Reprodução/Site Observador)


Mesmo muitos habitantes sendo contra a obrigatoriedade, o governo não recuará para o bem de todos os moradores do país e para obter o retorno da vida normal, dando assim um novo rumo e um novo futuro para aqueles que estão nascendo e ter assim um país próspero, pois com o momento pandemico, a economia teve uma queda brusca e com o decreto a Austrália visa em retornar com a economia em alta e empregabilidade para uma boa parte da população.

 

Foto Destaque: A vacina contra covid-19. Reprodução/Prefeitura de Anchieta

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo