Mundo Pet

Ativistas batalham para libertar a "gorila mais triste do mundo", presa em jaula de shopping na Tailândia

A gorila Bua Noi está em cativeiro desde 1990, quando foi tirada da Alemanha para viver em uma jaula dentro de um shopping na Tailândia. Ativistas lutam para libertá-la desde 2015.

3 min de leitura
02 Nov 2022 - 20h00 | Atualizado em 02 Nov 2022 - 20h00

A gorila Bua Noi vive em cativeiro desde 1990. Um zoológico a trouxe da Alemanha para a Tailândia e recusam-se a libertá-la. O animal é considerado o "gorila mais triste do mundo", já que nunca colocou os pés fora do piso de concreto.

Os chefes do shopping Pata que fica acima do zoológico contestaram os pedidos em defesa dos direitos animais, o PETA, do governo e até mesmo da cantora Cher para libertar Bua Noi, que significa "pequena lótus". Ativistam travam uma batalha para que a gorila finalmente viva em liberdade na natureza, passando seus últimos dias de vida em um santuário com outros gorilas, na Alemanha. 

De acordo com o site de notícias Matichon, acredita-se que os proprietários só a libertariam se o governo da Tailândia a comprasse. O valor estipulado chega a 700 mil libras (o equivalente a cerca de R$4,3 milhões), segundo o portal.  A oferta foi recusada pela empresa de lojas de departamento. O governo havia iniciado anteriormente uma campanha de arrecadação de fundos.


                                 

Bua Noi em jaula dentro de shopping (Vídeo: reprodução/Youtube)


Por ser taxada como uma propriedade privada, o secretário do ministro de Recursos Naturais e Meio Ambiente, Thanetpol Thanaboonyawat alega que nada pode ser feito para remover o animal do cativeiro, o qual já faz parte de sua vida há 32 anos. "Realizamos atividades no passado de campanha para a libertação de Bua Noi e para arrecadar fundos", enfatizou o profissional ao DailyMail. 

O zoológico de Pata declarou que Bua Noi não seria capaz de adaptar-se a uma nova moradia. Além disso, segundo a instituição, o animal estaria sendo bem cuidado e que pode morrer a qualquer momento devido à sua velhice. 

Contudo, o vice-presidente sênior da PETA, Jason Baker, disse que a gorila estava sendo forçada a viver em condições terríveis e cruéis, enfrentando danos psicológicos, decorrentes do sofrimento extremo que encara há três décadas.

Ativistas lutam pela libertação de Bua desde 2015.

Foto Destaque: Gorila Bua Noi. Reprodução/ PETA Asia.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo