Esportes

Argentina é campeã da Copa do Mundo de 2022

Após uma partida histórica que marcou uma das maiores finais de todos os tempos, a Argentina de Lionel Messi vence a França nos pênaltis e chega ao tricampeonato

3 min de leitura
18 Dez 2022 - 15h58 | Atualizado em 18 Dez 2022 - 15h58

A vigésima segunda Copa do Mundo teve como último momento a consagração de um novo tricampeão. França e Argentina chegaram para a final com dois títulos na conta. Os franceses venceram em 1998 e 2018, chegando na final para defender o título conquistado na Rússia. Já os Argentinos buscavam retomar o topo do futebol mundial após os campeonatos de 1978 e 1986. 

Em 2022, as seleções de Kylian Mbappé e Lionel Messi chegaram na final com campanhas parecidas. Ambas equipes tiveram apenas uma derrota na fase de grupos e conseguiram se recuperar, vencendo todas as outras partidas até a final.

Recordes

Alguns jogadores chegaram ao Lusail com recordes pessoais muito relevantes nas Copas do Mundo. O goleiro Hugo Lloris, da França, se tornou o goleiro com mais jogos na história das Copas, ultrapassando o alemão Manuel Neuer, que coleciona 19 partidas.

O outro recorde fica por conta de Lionel Messi, que chegou aos 26 jogos em Copas e ultrapassou o alemão Matthäus, que conseguiu 25 partidas pela seleção alemã.

Primeiro Tempo

A partida começou com provocação. Logo aos 30 segundos, o volante De Paul provocou o craque Mbappé após uma falta marcada no meio de campo. Já aos quatro minutos, a primeira finalização da final. Após receber a bola na intermediária, Mac Allister chuta forte, mas o goleiro Lloris faz a defesa. Aos 16, uma nova chegada com perigo da seleção Argentina. Messi acionou De Paul na direita, que tentou retornar para o camisa 10, a bola passou e encontrou Di Maria, que finalizou para fora.

Aos 20, o grande lance do primeiro tempo. Dí Maria levou a bola para a linha de fundo, chamou Dembelé para a dança e o francês acabou derrubando o camisa 11 argentino. O juiz Szymon Marciniak marcou a penalidade. Lionel Messi foi para a bola, deslocou Lloris e marcou seu sexto gol na Copa do Mundo de 2022, levando os argentinos à loucura ao redor do planeta. Com o gol, Lionel Messi iguala Pelé em gols nas Copas e se torna o primeiro jogador a marcar nas quatro fases de mata-mata de uma Copa do Mundo.



Lionel Messi marca o sexto na Copa do Mundo 2022. Foto: Reprodução/FIFA


Aos 35 minutos, a Argentina chegou ao seu segundo gol, e um GOLAÇO! Em uma aula de contra-ataque, capitaneado por Mac Allister, Lionel Messi e Álvarez, a bola chegou nos pés de Angél Dí Maria, dentro da grande área francesa, que apenas tirou Lloris e foi para a comemoração. O atacante, que sofreu com problemas físicos durante a Copa, foi às lágrimas após o gol.



Di Maria se emociona após gol na final da Copa do Mundo. Foto: Reprodução/FIFA


Logo após o segundo gol, o técnico Deschamps promoveu mudanças na equipe francesa e acabou tirando a dupla Giroud e Dembelé e colocando Thuram e Kolo Muani. As alterações também aconteceram na semifinal, na vitória da França sobre o Marrocos. Antes da partida, alguns veículos de comunicação franceses levantaram a hipótese de Giroud ser reserva durante a final.

Segundo tempo

Na segunda etapa, a França voltou mais atenta ao jogo, marcando mais e buscando o corredor feito por Kylian Mbappé, mas o tempo foi passando e a Argentina voltou a ter o domínio da partida. Aos três, a Argentina chegou novamente com a dupla Messi e Dí Maria, mas o goleiro Lloris levou a melhor dessa vez. 

Aos 14, uma grande salva de palmas para a substituição de Dí Maria. O atacante, que foi preparado para voltar a atuar como titular na final, deixou o campo para a entrada de Acuña. Após a subistuição, Messi continuou seu recital e tentou nova jogada. Como gesto de apoio, a torcida argentina presente no Lusail gritou seu nome, como tem feito durante toda a Copa do Mundo.

Atrás do placar, Deschamps voltou a fazer substituições na França, para tentar dar um ar mais jovem na equipe e ir em busca do empate. Saíram Griezmann e Theo Hernández para as entradas de Coman e Camavinga. 



Mbappé aparece e recoloca a França na final da Copa do Mundo. Foto: Reprodução/FIFA


Perto dos 35 minutos, o jogo ganhou novos rumos. Kolo Mouani arrancou pela esquerda e Otamendi derrubou o atacante na área. Pênalti para a França! Mbappé foi para a cobrança e marcou seu sexto gol na Copa do Mundo. Dois minutos depois, Mbappé apareceu novamente após roubada de bola de Coman e contra-ataque da França. O novo artilheiro da Copa pegou uma bela bola de primeira e venceu novamente o goleiro argentino Emiliano Martínez. Uma final de Copa para a história! 

Já nos acréscimos, as equipes conseguiram encaixar ótimos contra-ataques, mas sem grandes finalizações. No último lance do tempo regulamentar, Messi conseguiu uma bola na frente da grande área e soltou uma bomba, mas Lloris executou uma grande defesa. 

Prorrogação

Com a prorrogação de França e Argentina, a Copa do Mundo chegou a oito finais decididas na prorrogação/pênaltis. A última havia sido no Brasil, em 2014. Coincidentemente, a seleção Argentina estava presente naquela final, quando acabou superada pela Alemanha, com gol de Mario Götze.



Lionel Messi e Mbappé disputam bola na final da Copa do Mundo. Foto: Reprodução/FIFA


Nesta prorrogação, a Argentina tinha uma grande vantagem sobre a frança: o número de substituições. Já que Didier Deschamps usou grande parte das suas mudanças no tempo normal, a França só poderia mexer mais duas vezes. Já a Argentina poderia fazer cinco substituições durante os 30 minutos, visto que durante o tempo normal, o técnico Lionel Scaloni só havia promovido a entrada de Acuña.

Nos primeiros quinze minutos, a Argentina teve boas chances para chegar ao gol do título, mas acabou desperdiçando todas. O técnico Lionel Scaloni chegou a colocar o atacante Lautaro Martinez, que foi marcado durante a Copa do Mundo por perder muitos gols, o que se repetiu na final. O centroavante teve duas chances de fazer o gol, mas pecou nas finalizações. 

Na segunda etapa, a Argentina voltou dominando a equipe francesa, e foi assim que conseguiu o terceiro gol! Lautaro Martinez finalizou, Lloris defendeu e Messi pegou o rebote para reassumir a liderança da artilharia da Copa e realizar o sonho de criança de ganhar uma Copa do Mundo.



Lionel Messi marca o terceiro da Argentina. Foto: Reprodução/FIFA


Após o terceiro gol da Argentina, o que se viu foram 10 minutos de uma verdadeira batalha no campo do Lusail. Faltas para todos os lados e os argentinos fazendo todo o possível para que a França não se aproximasse da área de Emiliano Martínez. 

Mas o inevitável acabou acontecendo. Após cobrança de escanteio, Mbappé pegou o rebote fora da área e finalizou, mas a batida acabou desviando no braço de Montiel dentro da área. O árbitro marcou pênalti, que Mbappé deslocou o goleiro e marcou seu terceiro gol na partida e reassumiu a artilharia da Copa. 



Mbappé marca o hat-trick na final da Copa do Mundo. Foto: Reprodução/FIFA


Já nos acréscimos, a França chegou com muito perigo, mas foi parada pelo goleiro argentino, seria o gol do título francês. Após tantas emoções, nada melhor que uma Copa do Mundo ser decidida nas penalidades. 

História

A última Copa do Mundo decidida na disputa de pênaltis foi em 2006, na Alemanha. Na ocasião, a França esteve presente e acabou ficando com o vice campeonato. Na época, a Itália conquistou a quarta Copa do Mundo. 

Disputa de pênaltis



Emiliano Martínez se consagra como lenda argentina. Foto: Reprodução/FIFA


Na disputa de pênaltis, as lendas começaram batendo e marcando os primeiros gols das seleções. Mbappé e Messi marcaram. Na segunda rodada, Coman acabou desperidçando a cobrança, em defesa histórica de Emiliano Martínez. Dybala foi para a segunda cobrança argentina e marcou, chutando no meio do gol. Tchouaméni bateu o terceiro pênalti francês e finalizou pra fora! Mais uma vez o goleiro Emiliano Martínez foi na bola, mas não precisou executar a defesa. Paredes fez a terceira argentina, e colocou um pé e meio argentino no título mundial. 

Melhores da Copa

Prêmio Bola de Ouro - Lionel Messi
Prêmio Revelação da Copa - Enzo Fernandez
Prêmio de Melhor Goleiro - Emiliano Martínez
Artilheiro da Copa - Kylian Mbappé



Premiação de melhores jogadores da Copa do Mundo. Foto: Reprodução/FIFA


Foto Destaque: Argentina é TRICAMPEÃ DO MUNDO. Reprodução/Twitter

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo