Reality

Apresentadores de Queer Eye Brasil explicam como o olhar LGBTQIA+ pode ajudar vidas

Queer Eye Brasil vem com a ideia de dar a voz para o LGBTQIA+ e mostrar como ter um olhar mais humano comunidades para essas comunidades pode mudar vidas

3 min de leitura
23 Ago 2022 - 22h20 | Atualizado em 23 Ago 2022 - 22h20

A segunda temporada de Queer Eye Brasil tem estreia prevista para o próximo dia 24. A atração que será exibida pela Netflix terá como participantes um rapaz defensor dos animais que deixou seus bichos tomarem conta de casa, um viúvo que tem dois filhos pequenos, cujas crianças dormem na cama dele desde quando a mãe faleceu e uma assessora de imprensa que deixou de se cuidar após se separar do seu marido.

A franquia tem versões em alguns países, como na Alemanha. Já nos Estados Unidos, o reality show faz grande sucesso desde 2018, após ter uma grande mudança por um serviço de streaming, que enxergou um grande potencial na atração e já foi exibido pela TV fechada entre 2003 e 2007.

Aqui no Brasil, os apresentadores são chamados de "Fabulosos", os mesmos foram escolhidos em um processo seletivo que juntou diversos concorrentes. A forma de seleção foi praticamente ficarem confinados em uma mansão localizada na capital de São Paulo, onde diversas formas de combinações de elenco foram testadas, até que encontraram os cinco candidatos perfeitos para comandar o programa.


Queer Eye Brasil tem data prevista para o dia 24 de Agosto (Foto: Reprodução/Instagram)


 

A versão brasileira não é muito diferente das versões estrangeiras, a cada capítulo do reality show, uma pessoa é indicada por algum familiar ou amigo para poder ter a vida alavancada pelos cinco apresentadores. A ideia principal do programa é poder ter um olhar de membros da comunidade LGBTQIA+ para ajudar a desbloquear algumas áreas de sua existência que estejam precisando de alguma atenção especial.

Um dos apresentadores, Luca Scarpelli, é responsável por dar dicas culturais aos participantes. Segundo ele, a vivência do LGBTQIA+ gera muitos prejuízos em questão de privilégios da normatividade, mas sempre vê que tem o lado bom, como o da empatia e resiliência, por exemplo. 

Os apresentadores confessam que a transformação não é apenas nas vidas dos participantes, mas nas deles também. Para Yohan, um dos "Fabulosos", que estar presente no programa foi um grande aprendizado, e viu que ninguém é feliz sozinho.

 

Foto destaque: Apresentadores do Queer Eye Brasil. Reprodução/Twitter.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo