Tech

Apple reduz velocidade e adia carro “autônomo” para 2026

Gigante da tecnologia tinha planos para lançar um carro sem volante e pedais, dando autonomia nível 5 ao veículo, feito ainda não alcançado pelas montadoras do mercado.

3 min de leitura
08 Dez 2022 - 21h00 | Atualizado em 08 Dez 2022 - 21h00

A Apple divulgou relatório reduzindo o plano de direção autônoma do seu futuro veículo e adiando a data do lançamento para 2026. A notícia fez com que as ações da empresa caíssem 2,4%.

O Projeto Titan foi “anunciado” em 2014 após alguns relatórios da empresa serem divulgados mostrando contratações de ex-funcionários e especialistas automotivos da Tesla, empresa do bilionário Elon Musk que desenvolve e produz veículos elétricos. O foco seria criar um automóvel totalmente autônomo, livre de direção e pedais, permitindo ao “condutor” fazer outra atividade como assistir, jogar ou ler.


Loja Apple na 5º Avenida em Nova York. (Foto: Reprodução/Pexels)


Em 2021, muitas mudanças começaram a acontecer após a saída do ex-diretor do projeto, Doug Field, que foi para a Ford. “Sem a intervenção humana”, esse era o foco da empresa nos relatórios dos últimos 8 anos, porém, o último relatório freia essa ideia com um design mais contido, tendo volante e pedais, além de um suporte autônomo completo para rodovias. No mesmo ano, a Apple divulgou o lançamento do veículo para 2025, com o conceito 100% autônomo, sem intervenção e com um design mais luxuoso.

Em Julho, surge o rumor de que a empresa contratou Luigi Taraborrelli, um dos principais nomes no desenvolvimento de carros da Lamborghini, visando o conforto e segurança do veículo, o que não é sem fundamento, afinal, a empresa busca que os futuros donos dos “Apple-Cars” se sintam dentro de uma limousine, carro produzido pela empresa italiana de onde Luigi fora contratado.

Com a reinclusão do volante e pedais, retirando a ideia de autonomia plena ao veículo, a  empresa teve de reduzir a expectativa de que o carro seria vendido por aproximadamente US$ 120.000,00 caiu, fazendo a empresa baixar o valor para US$ 100.000,00, se equiparando a faixa de preço do Model S, modelo elétrico da Tesla e o EQS, da Mercedes-Benz.

Foto Destaque: Carro elétrico em carregamento. (Reprodução/Pexels)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo