Celebridades

Após suposto pedido de prisão contra ex-marido, Luisa Mell destitui advogado

A ativista em causa animal alegou não querer Gilberto Zaborowsky preso, enquanto seu, então, advogado afirma que buscava justiça baseado no que foi apresentado antes, como as agressões após a traição.

3 min de leitura
14 Out 2021 - 01h20 | Atulizado em 14 Out 2021 - 01h20

A notícia de que Luisa Mell, de 43 anos, teria entrado com pedido de prisão contra o ex-marido, o empresário Gilberto Zaborowsky, de 59, circulou nas mídias no início da semana. No entanto, nesta quarta-feira (13), a própria ativista afirmou que seu advogado, Angelo Carbone, quem teria protocolado a ação, a fez sem a sua autorização. Com isso, ela confirmou que irá destituir o profissional.

Na tarde da última segunda-feira (11), o então defensor de Luisa teria entrado com um pedido de prisão provisória contra o ex da apresentadora. O casal se separou em julho deste ano (2021), bastante por conta dos rumores de uma possível traição por parte do empresário, com quem tem um filho, o menino Enzo, de 6 anos de idade. A apresentadora já possui uma medida protetiva contra Gilberto, o qual não pode se aproximar da ex-mulher a menos de 500 metros, tampouco entrar em contato com ela. Porém, existe a alegação de que a proteção não tem sido o suficiente para contê-lo.


Luisa Mell, Gilberto Zaborowsky e o filho do casal, Enzo, em foto de Ano Novo. (Foto: Reprodução/Instagram)


A Revista QUEM conseguiu acesso à petição de Angelo. Nela, pode-se observar que o advogado conta situações de “perseguições” por parte de Gilberto, além dele afirmar que outras pessoas testemunharam os fatos. “O querelado (Gilberto) continua a pressionar a mesma (Luisa), continua a telefonar de prefixos sem identificação, afirmando que ela não perde por esperar (ameça verbal – violência doméstica). Existem testemunhas que presenciaram as agressões verbais (violência doméstica) e posteriores à determinação de Vossa Excelência deferida em parte”, dizia a declaração, a qual reforçou o medo do empresário agredir fisicamente ou matar Luisa.

https://lorena.r7.com/post/Aline-Riscado-diz-que-esta-assumindo-quem-realmente-e-apos-transformacao-visual

https://lorena.r7.com/post/Tiago-Leifert-parabeniza-Tadeu-Schmidt-pelo-comando-do-BBB22-Escolha-ideal

https://lorena.r7.com/post/Rafa-Kaliman-surge-deslumbrante-com-biquini-amarelo

Entretanto, ao que tudo indica, a inicial não possuiu o conhecimento da ativista em defesa animal. Ela concedeu entrevista ao G1, afirmando que, por conta do ocorrido, irá se desfazer de seu advogado, pontuando que não manifesta o desejo de ver o ex-marido preso, diferentemente do que pede o advogado, o qual nega as falas de Luisa Mell. Carbone também conversou com a equipe do site.

Não fui eu que pedi, foi ela. Ela foi na delegacia junto com outro advogado. Só que o juiz deferiu parcialmente. Não deu a prisão, só autorizou a distância e outras coisas. Então, eu pedi a reconsideração. Ou ela está mudando de ideia, ou é uma pressão muito séria por fora. Ela tem muito medo dele”, falou Angelo, que ressalta o fato de não ter sido comunicado oficialmente da decisão de Luisa, mas que irá sair do caso assim que receber a notícia oficial, pois respeita o manifesto de sua cliente.



No sábado (9), Luisa Mell postou um texto em seu perfil oficial no Instagram, realizando acusações ao ex-marido. Ela reafirmou sofrer abuso psicológico durante o casamento e, após o término, ameças por parte dele. “Agressão também se faz com palavras, atitudes e manipulações e nem sempre quem está presa em um relacionamento abusivo percebe isso”, escreveu.

Foto Destaque: Luisa Mell. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário