Notícias

Após protesto de Neil Young, Spotify anuncia medidas de combate a desinformação na plataforma

Após o podcaster Joe Rogan lançar um episódio desencorajando a vacinação de jovens contra a covid, Neil Young retirou suas músicas do Spotify, que promete mudar a plataforma para combater a desinformação

3 min de leitura
31 Jan 2022 - 16h35 | Atualizado em 31 Jan 2022 - 16h35

Após um movimento de boicote ao Spotify, lançado pelo ícone do folk-rock Neil Young, o Spotify anunciou ontem, 30, que adotará medidas para o combate à desinformação sobre a covid-19.

Em comunicado, Daniel Ek, presidente e fundador da plataforma musical, informou que irá incluir links em todos os podcasts que falarem sobre coronavírus, direcionando os ouvintes para informações verídicas, científicas e comprovadas. A nova ferramenta estará disponível nos próximos dias.

Tudo começou com uma declaração de Joe Rogan, do famoso podcast norte-americano de entrevistas “The Joe Rogan Experience”. Conhecido por pensamentos “extremos” e por propagar teorias da conspiração em seu podcast, ele desaconselhou a vacinação contra a covid em jovens, além de promover o uso de medicamentos não eficazes, como a ivermectina em um de seus episódios.


O controverso podcaster Joe Rogan já se envolveu em diversas polêmicas (Foto: Divulgação/Spotify)


Logo, o caso repercutiu pelos Estados Unidos, e como forma de protesto, o roqueiro Neil Young exigiu que o Spotify retirasse todas as suas músicas, a menos que a plataforma tomasse alguma atitude sobre esse episódio do podcast. O cantor contava com mais de 6 milhões de ouvintes mensais e 2,4 milhões de seguidores na rede de músicas.

“Cheguei à conclusão de que não podia mais apoiar a desinformação no Spotify que ameaça a vida do público amante da música", disse Young, em uma carta aberta.

Agora, o Spotify irá acionar um alerta de conteúdo para qualquer episódio de podcast que fale sobre a covid-19, para combater a desinformação.

"Este alerta direcionará os ouvintes para o nosso hub dedicado à Covid-19, um recurso que dá acesso fácil a fatos orientados por dados, informação atualizada e compartilhada por cientistas, médicos, acadêmicos e autoridades de saúde pública ao redor do mundo, assim como links para fontes confiáveis", finalizou Ek na nota.

Desde que Neil Young ordenou a remoção de suas canções da plataforma, o Spotify perdeu mais de 2 bilhões de reais na Bolsa.

Foto Destaque:  Neil Young em show no Hyde Park, em Londres, em 2019 Créditos: Gus Stewart/Redferns/Getty Images

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo