Notícias

Após embate com Padre Kelmon, Lula fala em revisar lei eleitoral

No último debate presidencial anterior as eleições, o ex presidente Lula participou de uma forte discussão com o candidato do PTB. O padre chamou Lula de "ator"e afirmou que o candidato não deveria ser elegível.

3 min de leitura
30 Set 2022 - 16h40 | Atualizado em 30 Set 2022 - 16h40

 Nesta sexta-feira (29), aconteceu na Tv Globo o último debate presidencial anterior ao primeiro turno das eleições de 2022,que serão no dia 2 de Outubro. Durante o programa, um embate ocorreu entre o ex-presidente Lula (PT) e o candidato Padre Kelmon (PTB), onde o candidato do PTB afirmou que Lula não deveria ser elegível: "O senhor não deveria nem estar aqui como candidato à presidência da república,por que o senhor está aqui? O senhor sabe o porquê! a população precisaria saber a verdade mas o senhor é cínico, mente, o senhor é um ator! mente o tempo todo." disse o candidato.

 Questionado pelo blog da Ana Flor sobre a discussão com o Padre Kelmon, Lula defendeu que existe a possibilidade de revisão na lei eleitoral, para que um número menor de participantes estejam nos debates, assim contribuindo para uma melhor qualidade nas discussões eleitorais. O posicionamento reflete a visão dos debates deste ano, que expuseram muitas ofensas e falta de respostas concretas nas perguntas sobre as propostas atuais. "Conversei com o [Felipe] d'Avila (Novo) e com a Simone [Tebet] que é preciso rediscutir a lei [eleitoral], para ter mais qualidade nos debates", disse Lula. 

Padre Kelmon no debate eleitoral. (Imagem: Reprodução/Tv globo)

 O ex-presidente também comentou, em uma das perguntas feitas pelo blog, que sentiria diferença em debater com Roberto Jefferson, candidato do mesmo partido do Padre Kelmon, que foi impugnado pela justiça eleitoral: "Jefferson é um político, sabe debater".

 Todos os  candidatos de partidos com representação de no mínimo 5 parlamentares devem ser convidados para o debate eleitoral, mas o convite para outros candidatos que tenham uma menor projeção é opcional: “(...) É facultada a transmissão por emissora de rádio ou televisão de debates sobre as eleições majoritária ou proporcional, assegurada a participação de candidatos dos partidos com representação no Congresso Nacional, de, no mínimo, cinco parlamentares, e facultada a dos demais”, diz a constituição. 

Foto de Capa: Ex presidente Lula no debate. (imagem: Reprodução/TV Globo)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo