Saúde

Anvisa pede para suspender desembarques de passageiros africanos no Brasil

Nova variante de covid-19, chamada de B.1.1.529, surge na África e Anvisa recomenda a suspensão de voos do continente. Há focos da nova variante em 6 países africanos.

3 min de leitura
26 Nov 2021 - 16h41 | Atualizado em 26 Nov 2021 - 16h41

Com o surgimento de uma nova variante de covid-19 no continente africano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que o governo brasileiro suspenda o desembarque de passageiros de seis países africanos no Brasil. Em nota publicada nesta sexta-feira, 26, a Anvisa solicita a suspensão devido a identificação da nova variante do SARS-CoV-2 (covid-19), chamada de B.1.1.529. Os países africanos que estão na mira da agência para suspensão de voos são: Lesoto, Namíbia, Zimbábue, Botsuana, Eswatini e África do Sul.


Pessoas aglomeradas utilizando máscaras. (Foto: Reprodução/ IStock)


Em entrevista à GloboNews, o diretor da Anvisa, Antonio Barra disse que: “É uma variante que possui características mais agressivas e que, obviamente, requer das autoridades sanitárias mundiais medidas imediatas. É exatamente o que fizemos há poucos minutos. Já enviamos nossas notas técnicas para os ministérios da Casa Civil, Saúde, Infraestrutura e Justiça no sentido que voos do continente africano, sejam temporariamente bloqueados, não venham para o Brasil”.

 

 Primeiro de covid-19 no mundo foi de vendedora em Wuhan, na China

Butantan espera aprovação da Anvisa para o uso da CoronaVac em crianças

Cientistas descobrem nova variante da Covid-19 com várias mutações


Até o momento, há 83 casos confirmados da nova variante: 77 casos na África do Sul; 4 em Botsuana, 1 em Israel (de uma pessoa que retornou do Malaui) e 1 em Hong Kong (de uma pessoa que retornou da África do Sul. Os cientistas demonstram preocupação com a nova variante, visto que todos os imunizantes foram feitos através da variante original do vírus, originada da China.

Sobre a prevenção, Antonio afirmou que: “A prevenção deve ser feita agora. Quando se perde o tempo de prevenção, entramo o tratamento. Tratamento é aquilo: são UTIs lotadas, famílias sendo ceifadas. Não há sentido em aguardar esse tipo de coisa. É claro que, se surgirem outras informações que nos levem a rever esse assessoramento, faremos”.

 

Foto Destaque: Ilustração da covid-19 no mundo. Ilustração/ IStock

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo