Anitta lança “Me Gusta” com feat. de Cardi B e Myke Towers e um clipe cheio de representatividade

Publicado 19 de Sep de 2020 às 09:06

A dona do pop brasileiro, acertou mais uma vez em sua nova música de trabalho. O pagodão baiano, com uma mistura do funk carioca e o rap internacional é a nova aposta da Anitta para invadir o mercado musical internacional. E para esse projeto Anitta conta com a participação do porto-riquenho Myke Towers e a rapper americana Cardi B, que é o grande nome desse feat.

Lançado na sexta-feira (18), é o primeiro trabalho da cantora como artista da Warner Records, e é mais um passo em direção a tão sonhada carreira internacional. A música, faz parte do novo álbum da cantora, que ainda não tem nome, e é uma produção do hitmaker Ryan Tedder, conhecido por trabalhar com artistas como Beyoncé e Bruno Mars.

Leia mais: Anitta revela desejo de ser mãe: 'Quando eu tiver uns 30'


Anitta lança clipe Me Gusta com Cardi B e Myke Towers

Capa do Single Me Gusta, Anitta feat. Cardi B e Myke Towers (Foto: Reprodução/Instagram)


Os números chamam a atenção

A música já estreou em posições altíssimas nas plataformas de streaming, em especial no Spotify. Já de início a música somava mais de 2 milhões de players. Além de posições altas nas playlists de “Mais tocadas do mundo” – 24ª – e “Mais tocadas dos Estados Unidos” – 32ª. Já no Brasil, não é nem novidade que a cantora está em primeiro nas mais ouvidas, já que ela alcança essa posição sempre que lança algo novo.

Mas desses números que a música já alcançou, o que marcou é que entrou pela primeira vez no TOP 20 do Itunes nos Estados Unidos. O single ocupa a 15ª posição na plataforma de downloads.

 

Clipe de “Me Gusta” e sua representatividade

Clipe Oficial "Me Gusta". (Vídeo: Reprodução/YouTube)


O clipe lançado no mesmo dia (18), foi gravado há um tempo, e conta com a participação dos três artistas. E o clipe está cheio de representatividade. Gravado no Pelourinho, em Salvador, o clipe mostra um pouco mais da cultura brasileira, além de exaltar as mulheres, tanto na música, quanto no clipe.

“Imaginei um clipe que exaltasse a mulher e também a cultura brasileira. Nada como Salvador, a primeira capital do Brasil, para mostrar nossa cultura pro mundo", comenta Anitta.

O clipe trás mulheres de todas cores, jeitos e formas, mostrando assim, a diversidade do grupo feminino. E que todas são únicas. "Escolhemos pessoas com beleza plus size, transexual, latina e entre outros. Tentamos dar voz para todos, garantindo a pluralidade e a representatividade. Acho que a música pedia isso visto que é a mistura de 2 ritmos que sofrem muito preconceito como o pagode baiano e o funk. Expliquei para a Cardi e ela topou", avisa.

 

E aí, o que você achou desse novo lançamento da patroa?

 

(Foto destaque: Anitta. Reprodução/Instagram)

 

Deixe um comentário