Notícias

Alemanha criará porcos doadores de órgãos para humanos

A primeira geração dos porcos geneticamente modificados deve nascer ainda neste ano; os testes iniciais de transplantes de coração serão feitos em babuínos.

3 min de leitura
04 Fev 2022 - 10h30 | Atualizado em 04 Fev 2022 - 10h30

Depois do sucesso do primeiro transplante de um coração de porco para um humano feito no mês passado em Maryland, nos Estados unidos, cientistas alemães pretendem clonar e criar porcos geneticamente modificados que sirvam de doadores de órgãos para as pessoas.

O líder da iniciativa, Eckhard Wolf, cientista da Universidade Ludwig-Maximilians (LMU), em Munique, disse que sua equipe pretende ter a nova espécie, modificada a partir da raça de porcos da ilha de Auckland, no Oceano Pacífico, pronta para testes de transplante em humanos até 2025.


Pesquisadores acreditam que animais doadores podem encurtar fila de espera por transplante. (Foto: Reprodução/Reuters)


Segundo o cientista, a primeira geração dos porcos geneticamente modificados deve nascer ainda este ano. Nessa fase inicial de testes, os corações suínos serão testados em babuínos para aperfeiçoar a técnica e validar os protocolos.

"Nosso conceito é avançar com um modelo mais simples, ou seja, com cinco modificações genéticas", afirmou Wolf, que pesquisa transplantes de animais para humanos - conhecidos como xenotransplantes - há 20 anos.

Ele alega que sua equipe usaria tecnologia de clonagem ainda ineficiente para gerar apenas "os animais fundadores", a partir dos quais futuras gerações geneticamente idênticas seriam criadas.

Este tema controverso que levanta inúmeras questões éticas, desencadeou muitos debates acalorados.

A justificativa que os defensores da iniciativa pontuam é que os animais poderão ajudar a encurtar a lista de espera por doação de órgãos em toda a Alemanha – país com uma das menores taxas de doação de órgãos da Europa – e, eventualmente, em outros países. Um outro argumento é que esses animais são criados para o consumo humano.

Do lado contrário, ativistas e especialistas apontam que a criação de animais para transplante de órgãos bate de frente com os direitos dos animais. E também, que caso essas fazendas sejam liberadas, os animais se tornarão uma espécie de fábrica de órgãos. Assim como afirma a porta-voz da Munich branch of Germany's Animal Welfare Association, Kristina Berchtold: "Os animais não devem servir como peças de reposição para os humanos".

 

 

Foto destaque: Pesquisadores alemães criarão porcos para transplante de coração em humanos. Reprodução/Unsplash.

Fonte: Reuters.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo