Notícias

Adolescente espancado por médico da entrevista ao Fantástico: "Estava em choque"

Em nota, o advogado do médico Lucas Valoni justificou o ato dizendo que o mesmo havia trabalhado o dia todo, e no momento estava estudando para um concurso.

3 min de leitura
26 Set 2022 - 17h42 | Atualizado em 26 Set 2022 - 17h42

Estudante de 14 anos que estava em São Paulo devido a uma excursão escolar para conhecer os museus e parques da cidade, foi espancado por médico que se irritou com barulho feito em hotel e agrediu o jovem.

A vítima estava no hotel quando foi surpreendida e agredida com tapas na cara, socos e chineladas, ao Fantástico, o adolescente Guilli Newman disse: “No momento que ele está chegando perto e me agarrou, eu parei de pensar. Não tinha reação. Não corri porque estava em choque”, contou o estudante.

Morador do Rio de Janeiro, Guilli fazia parte de um grupo de 40 alunos, todos adolescentes de 13 e 14 anos. e disse que o passeio que em outra situação seria memorável por se tratar de um momento feliz com seus amigos. “Acabou sendo um pesadelo”, lamentou Guilli.

O jovem e um amigo se arrumaram e foram para o décimo andar do hotel em que estavam encontrar os demais colegas, durante o caminho conversaram e deram risadas, relata o estudante. Durante o percurso, o médico Lucas Rolim Valoni, de 27 anos, sai do quarto onde estava em direção a vítima.

“Ele agarrou pelo meu pescoço, estava com a camisa e me jogou contra a parede e eu gritando assim: 'Não fiz nada. Eu não fiz nada' E ele começou a bater e dar um monte de tapa na cara e eu me agachando assim, me agachando”, relembra Guilli.


 Câmera de segurança do hotel gravou toda a agressão (Foto: Reprodução/G1)


O agressor é morador de Curitiba, e atualmente é médico residente em cirurgia geral no Hospital Universitário Cajuru. Em nota, a direção do local disse: “Atitudes dessa natureza são incompatíveis com os valores praticados nesse hospital”. Também informaram que “Lucas está em São Paulo fazendo parte de seu estágio, e foi instaurada sindicância para apuração dos fatos, e adoção das medidas compatíveis”.

O hotel onde as agressões aconteceram, o Travel Inn Ibirapuera, declarou que após serem informados da ocorrência, todas as providências para proteger e acolher o estudante agredido foram tomadas.

Em nota o advogado de Lucas Rolim Valoni informou, que o médico esta consternado com o ocorrido, e vem a publico expressar seu pedido de desculpas.

"Lucas havia trabalhado o dia todo, sendo o hospital um ambiente de alta tensão emocional, e à noite estava estudando para concurso na área da saúde. O silêncio ordinário de qualquer hotel vinha sendo abalado a horas pelos adolescentes que gritavam pelos corredores, batiam nas portas e tocavam campainhas[...]. O nível de estresse elevado disparou o exercício arbitrário das próprias razões", diz o texto divulgado pelo advogado.

O caso está sendo investigado como lesão corporal e as imagens das câmeras de segurança do local foram solicitadas, segundo a Secretaria de Segurança de São Paulo.

 

Foto Destaque: Médico Lucas Rolim Valoni (esquerda) Imagem registrada pela camera de segurança (direita). Reprodução/G1

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo