Moda

A história das sapatilhas clássicas até as contemporâneas

Entre as sapatilhas de ballet e as convencionais que usamos existe muita diferença, entretanto com o passar dos anos, foram inventadas inúmeros modelos e estilos de, um mais pitoresco que o outro.

3 min de leitura
10 Jan 2023 - 19h00 | Atualizado em 10 Jan 2023 - 19h00

Sapatilha é um sapato clássico e contemporâneo que nunca saiu de moda e é absolutamente necessário em seu armário, como um vestido preto básico, a sapatilha pode ser usada em praticamente toda e qualquer ocasião, claro que com bom senso e estilo. As charmosas sapatilhas inspiradas em calçados de ballet que hoje se usa no dia-dia se tornaram as queridinhas do século XXI, em vários modelos e cores.


Sapatilhas com salto atuais (Foto: Reprodução/ Anna Shvets/ Pexels)


As sapatilhas surgiram com o ballet, em torno de 1681, e foram criadas com salto. Sendo em 1956, que a Companhia de Ballet Repetto, criou o modelo Cendrillon, as sapatilhas que se usam hoje ainda, por iniciantes e crianças.


Sapatilhas de ponta (Foto: Reprodução/ Javon Swaby/ Pexels)


Uma quebra do padrão ocorreu no século XVIII, quando a bailarina Marie Camargo, do Ballet Ópera de Paris, tornou-se a primeira pessoa a usar uma sapatilha sem salto, dando mais liberdade para a execução de passos. Após a Revolução Francesa, os saltos se foram completamente e as sapatilhas sem salto viraram o padrão.


Sapatilha meia ponta para iniciante (Foto: Reprodução/ Kuya Yus/ Pexels)


No desenvolvimento da dança no século XIX, o ballet pôde expandir-se com giros e saltos, surgindo a dança com a ponta dos pés, para dar impressão de leveza e “flutuação”. A primeira bailarina a dançar com a sapatilha de ponta foi Marie Taglioni, que performou La Sylphide por volta de 1831. Nesse período, os sapatos eram sapatilhas de cetim com solas feitas de couro, as quais não ofereciam apoio nem conforto.


Sapatilhas do dia-a-dia (Foto: Reprodução/ stealthelook/ Pinterest)


As bailarinas protegiam seus pés com uma espécie de ponteira almofadada para conforto e contavam apenas com a força de seus dedos e tornozelos para sustentação. E foi no fim do século XIX que uma forma substancialmente diferente da sapatilha de ponta apareceu na Itália com a bailarina Pierina Legnani, que usava sapatos com uma plataforma vigorosa, plana na parte frontal. Eram feitas de camadas de tecido, como uma caixa para conter os dedos e uma sola rígida e resistente.


Sapatilhas de vários modelos (Foto: Reprodução/ Steal The Look/ Pinterest) 


Foram produzidas sem pregos e solas reforçadas nos dedos dos pés, tornando-as bem silenciosas, contudo perceberam que o frágil material não suportaria suas evoluções, pedindo aos sapateiros que criassem uma sapatilha mais forte. Anna Pavlova inseriu solas de couro em suas sapatilhas dando reforço extra, achatou e endureceu a área dos dedos formando uma caixa na ponta.


Sapatilhas dicas de como usar (Vídeo: Reprodução/ Lisa Block/ Youtube)


A palmilha se tornou mais robusta, as caixas cada vez mais reforçadas e a plataforma mais ampla. Ao passar alguns anos perceberam que uma sapatilha de ponta nova era extremamente dura porque a palmilha e a caixa eram imensamente fortes. Quando a sapatilha se quebra ou fica “quebrada” (termo usado ao amolecer a sapatilha e moldar no pé como as bailarinas fazem atualmente), os dedos conseguem se movimentar nas pontas para a execução dos movimentos de forma que pareça leve.


Sapatilhas usadas por Audrey Hepburn (Foto: Reprodução/ sapatilhashop/ Pinterest)


Com o passar dos anos, as sapatilhas foram se modificando para o uso de pessoas comuns, sem necessariamente estar em um palco. Atrizes como Brigitte Bardot e Audrey Hepburn também usaram, cada uma em sua respectiva época. Brigitte usava para dançar, já a atriz americana Hepburn usava no dia-a-dia, ambas de forma muito elegante, fazendo deste calçado um clássico atemporal da moda.

 

Foto destaque: Sapatilhas de ballet mas usadas atualmente. Reprodução/ Quinta Valentina/ Pinterest

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo