A Fazenda 12: Público reclama da anulação do poder vermelho e apresentador rebate críticas

Publicado 19 de Nov de 2020 às 15:20

Mais uma roça foi formada na 'A Fazenda 12', e na tentativa de causar ainda mais fogo no feno, a produção está caprichando nas reviravoltas que podem acontecer no reality. Porém, dessa vez a galera na internet não curtiu o fato do poder da chama verde ter anulado o poder vermelho, e foram até as redes sociais do apresentador do programa, Marcos Mion, para reclamar. 

Até chegar nos nomes de Mc Mirella, Mateus, Stéfani Bays e Jojo Todynho, os outros peões precisaram segurar a respiração diversas vezes, com medo de ir para a berlinda. Além do voto da fazendeira da semana, Jakelyne Oliveira, e os poderes que estavam na posse do Mariano, o programa trouxe mais um privilégio para a miss, dando a oportunidade de puxar mais um de seus colegas para a roça, totalizando 5 roceiros. O último poder a ser aberto, o poder da chama verde, dava o direito a Mariano para retirar uma dessas cinco pessoas, e ele escolheu a Tays Reis, que foi indicada pelo Lipe Reis que tinha ganhado o poder vermelho, do cantor.

Leia mais: Mariano ganha prova de fogo e pode mudar rumo da 'A Fazenda'


Formação da roça na A Fazenda 12 (Foto: Reprodução/Record)


Como o poder da chama vermelha é escolhido pelos telespectadores através do TikTok, o público resolveu ir reclamar nas redes sociais do Marcos Mion, mas dessa vez, o apresentador resolveu rebater as críticas no Twitter. "É tão óbvio, não? Claro que o poder não foi feito para anular o outro! A escolha era do Mariano. Ele tinha várias opções. Calhou dele escolher a mesma pessoa. O que podemos fazer?! A decisão foi dele", compartilhou. 

Para acompanhar as reviravoltas e fogo no feno, o reality começa logo após a novela Jesus, na Record. 

 

(Foto destaque: Marcos Mion, apresentador da A Fazenda 12. Reprodução/Record)

Deixe um comentário