Notícias

7 de setembro terá proibição de caminhões na Esplanada em Brasília

Na tentativa de coibir invasão aos prédios públicos, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal proibiu a presença de caminhões durante o feriado comemorativo de 7 de setembro.

3 min de leitura
02 Set 2022 - 22h00 | Atualizado em 02 Set 2022 - 22h00

­­­No dia 7 de setembro deste ano, a Secretaria de Segurança Pública, responsável por coordenar os eventos comemorativos do Dia da Independência do Brasil, resolveu não permitir que caminhões tenham acesso à Esplanada dos Ministérios, proibindo a eles o acesso ao local. No mesmo dia ocorrerão também manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

A proibição se deu por conta de temores de que haja invasão ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), onde estarão presentes na ocasião ministros de oposição ao governo.

O objetivo dessa decisão é evitar a repetição do que aconteceu em 7 de setembro de 2021, onde caminhões estacionaram em frente ao Congresso Nacional na direção do STF. No dia seguinte apoiadores do governo tentaram se aproximar do prédio da Suprema Corte furando um bloqueio policial.

Caminhões em 2021, que permaneceram estacionados na Esplanada por quase uma semana — Foto: Eraldo Peres/AP

Os prédios públicos esse ano terão seguranças, e a Policia Militar do Distrito Federal fará o reforço, buscando garantir a segurança dos locais, estando preparados para agir ostensivamente em qualquer eventualidade caso seja necessário. Linhas de reforço policial serão posicionadas ao longo da área onde ocorrerá o desfile militar e proximidades.

De acordo com a SSP-DF, o trânsito da Esplanada será fechado no dia 06/09 para qualquer tipo de veículo. "As vias serão liberadas para o trânsito de veículos após finalização do desfile, atos previstos e, principalmente, após avaliação técnica de cenário de forma que seja garantida a segurança na região", informou a SPP-DF.

Ainda de acordo com o órgão, rodovias distritais e federais terão monitoramento de órgãos de trânsito locais e de polícias federais. "Os locais são essenciais para observar a chegada de possíveis caravanas, além daquelas já catalogadas por meio de levantamentos de inteligência e registro de manifestações, que até então são de seis diferentes movimentos, todos pró-governo", acrescentou.

O público, no dia 7 de setembro, também será revistado para que não adentre no local portando armas de fogo ou quaisquer objetos considerados perigosos, visando garantir a integridade física de todos os presentes.

 

Foto Destaque: EVARISTO SA/AFP via Getty Images

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo