Notícias

230 baleias são encontradas encalhadas na Austrália; autoridades temem morte de metade do grupo

Autoridades encontraram 230 baleias encalhadas no estado da Tasmânia, na Austrália. Metade dos animais pode estar morta e a causa do encalhe em massa é incompreendido.

3 min de leitura
21 Set 2022 - 16h29 | Atualizado em 21 Set 2022 - 16h29

Nesta quarta-feira (21) quase 230 baleias-piloto foram encontradas encalhadas na costa oeste da Tasmânia, na Austrália, e segundo autoridades do país, metade dos animais pareciam estar mortos. “Um grupo de aproximadamente 230 baleias encalhou perto do Porto de Macquarie”, afirmou o Departamento de Recursos Naturais e Meio Ambiente do estado da Tasmânia, local onde aconteceu a fatalidade. “Parece que metade deles está viva”, acrescentou.

As imagens aéreas estão mostrando uma tragédia ambiental, onde dezenas de baleias estão espalhadas ao longo de um trecho da praia, onde a água do oceano chega em pouca quantidade e onde o mar se encontra com a areia, neste caso, a sobrevivência dos animais fora da água se tornou realidade.


Imagem aérea da costa com as baleias encalhadas. (Foto: Reprodução/HANDOUT/AFP/Department of Natural Resources and Environment Tasmania)


Moradores jogaram cobertores nos cetáceos sobreviventes e, para mantê-las com vida, usaram baldes de água. Eles contam que outras ficaram tentando libertar-se, mas foi sem sucesso. Na área, muitas outras baleias já estavam mortas.

As autoridades anunciaram que especialistas em conservação marinha e funcionários com equipamentos apropriados para resgate de baleias foram até o local e tentaram devolver à água aquelas que estão fortes para sobreviver e retiraram os corpos dos animais mortos para evitar o surgimento de tubarões na região.


Baleias encalhadas na Tasmânia cobertas por edredom que voluntários colocaram para protegê-las. (Foto: Reprodução/Australian Broadcasting Corporation/AP)


Há quase dois anos, a região da Tasmânia foi cenário de outro encalhe em massa, quase 500 baleias-piloto, das quais apenas 100 sobreviveram. O biólogo da vida selvagem, Kris Carlyon, da Agência Ambiental do Governo, sugeriu em entrevista ao jornal local "Mercury" que a causa deste desastre pode ser provocado por grupos que desviam de sua rota e que vão se alimentar próximo da costa e possivelmente ficaram presas na maré baixa.

Além disso, as baleias-piloto são sociáveis, costumam andar em bando e ir até eles quando entram em situações de perigo. Então, uma das teorias é que as baleias ao ouvirem os sinais de socorro, acreditam estar em mar aberto e quando na verdade estão em praias íngremes, como é o caso do encalhamento na Austrália. 

Foto Destaque: Baleias-piloto na Austrália. Reprodução/Andrew Breen/Huon Aquaculture/AP

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo