Esportes

Volta de Cristiano Ronaldo para o Manchester United teve participação de ídolos do clube e companheiro de seleção

Na última sexta-feira, o Manchester United anunciou a volta de Cristiano Ronaldo, dando uma volta no rival City. Sir Alex Ferguson, Ferdinand e Bruno Fernandes foram peças cruciais para o ex-Juventus trazer seus talentos para Old Trafford.

3 min de leitura
01 Set 2021 - 20h25 | Atulizado em 01 Set 2021 - 20h25

Após a decisão que deixaria a Juventus, Cristiano Ronaldo e seu agente Jorge Mendes abriram conversas com possíveis destinos para o português, sendo o principal time o Manchester City. Principal rival do Manchester United, clube onde o craque impressionou a todos. A passividade da diretoria dos "red devils" na negociação com o jogador causou insatisfação na torcida vermelha, com vídeos de camisas de Cristiano sendo queimadas, porém o que ninguém esperava era que na última sexta-feira (27) uma surpreendente reviravolta levou os talentos de CR7 de volta para o Old Trafford.

 O lendário Sir Alex Ferguson, treinador de Cristiano Ronaldo nos tempos de United, foi peça crucial para tomar a frente do rival e trazer de volta o craque para os "red devils". De acordo com a imprensa inglesa, o ex-treinador teria conversado com o português na manhã da sexta-feira, ajudando a convence-lo a não ir para o CIty. Vale lembrar que foi o técnico inglês quem apostou em CR7 o trazendo Sporting para o Manchester United. O craque tem Sir Alex como seu mentor e os dois mantêm uma forte amizade até os dias de hoje.

Pouco tempo antes de se aposentar, em 2013, o treinador quase trouxe Cristiano Ronaldo de volta para Manchester, conforme revelado pelo ex-lateral e companheiro de Fergunson e Cristiano, Patrick Evra. "Estou 99% certo de que teremos Cristiano Ronaldo e Gareth Bale. Preciso apenas desses dois jogadores para ganhar a Champions novamente", contou o francês em participação no UTD Podcast, no ano passado.

https://lorena.r7.com/colunista/Andre-Luiz/post/Caso-Cristiano-Ronaldo-Agente-do-craque-se-encontra-com-dirigentes-da-Juventus

https://lorena.r7.com/colunista/Andre-Luiz/post/Perdas-inesperadas-Ligas-europeias-nao-liberam-jogadores-a-selecao-brasileira

https://lorena.r7.com/colunista/Andre-Luiz/post/Nike-Space-Jam-investimentos-Entenda-a-fortuna-do-astro-LeBron-James

Outro ex-colega de Manchester United a entrar na jogada foi o ídolo da torcida vermelha e um dos jogadores mais próximos do português nos tempos de United, o ex-zagueiro Rio Ferdinand revelou que conversou diretamente com Cristiano Ronaldo e pediu para que não se juntasse ao rival de cidade.


Rio Ferdinand, um dos colegas mais próximos de CR7, ligou para o português pouco antes da decisão de voltar ao United. Foto: Reprodução/John Peters

Rio Ferdinand, um dos colegas mais próximos de CR7, ligou para o português pouco antes da decisão de voltar ao United. Foto: Reprodução/John Peters


"Sir Alex diria o mesmo, ele odiaria ver Cristiano com a camisa do Manchester City, assim como toda pessoa que se conectou por um longo período com esse clube. Eu liguei para Cristiano Ronaldo diretamente e perguntei: 'O que está acontecendo? Me diga que está mentindo'. Foram vários tipos de 'não, não, não' na conversa. 'Eu sou como os torcedores, todos somos assim. Por favor, me diga que não está indo", contou o ex-jogador.


Bruno Fernandes foi outro jogador importante para volta de CR7 ao United. Foto: Reprodução/Friedemann Vogel/EPABruno Fernandes foi outro jogador importante para volta de CR7 ao United. Foto: Reprodução/Friedemann Vogel/EPA


Outro jogador que foi importante para a negociação, foi o meio-campo Bruno Fernandes, uma das estrelas do elenco atual do United e colega de seleção portuguesa de Cristiano Ronaldo. De acordo com perfis especializados na cobertura dos "red devils", o camisa 18 constantemente falava com o craque, principalmente na quinta-feira, dia anterior do anúncio. Bruno comemorou em seu perfil oficial no Twitter: "Agente Bruno".

 

 

(Foto destaque: Volta de Cristiano Ronaldo para o Manchester United teve participação de ídolos do clube e companheiro de seleção. Reprodução/Matthew Peters/Manchester United via Getty Images)

Deixe um comentário