Notícias

Guerra da Ucrânia: número de baixas pode chegar a quase 500 mil mortos, diz jornal

Segundo o The New York Times, a guerra ficou mais intensa após a contraofensiva da ucraniana contra os invasores russos, resultando um grande números de baixas de ambos os lados

18 Ago 2023 - 20h00 | Atualizado em 18 Ago 2023 - 20h00
Guerra da Ucrânia: número de baixas pode chegar a quase 500 mil mortos, diz jornal  Lorena Bueri

De acordo com a reportagem do The New York Times publicada nesta sexta-feira (18/08), o número total de mortos e feridos aproxima-se de 500 mil. Segundo as autoridades estadunidenses, em meio essa guerra que dura há 18 meses, os dados assustam, pois a última estimativa foi em novembro de 2022, pois estavam próximo de 120 mil mortos e feridos.

“Os números das baixas permanecem difíceis de estimar porque Moscou costuma subestimar seus mortos e feridos de guerra, e Kiev não divulga números oficiais” — disse a reportagem do The New York Times.


Materia do The New York Times sobre a guerra da Ucrânia - Reprodução: X/ Twitter / @nytimes


Mortos e Feridos

Conforme o jornal estadunidense, os números de baixas dos dois países são impressionantes. A projeção para a Rússia é de aproximadamente 300 mil, incluindo 120 mil mortes e entre 170 mil e 180 mil feridos. Já no lado ucraniano estima-se 70 mil mortos e 100 mil e 120 mil feridos. Esses dados refletem o grande volume na zona de combate entre os dois países.  

A contra-ofensiva por parte da Ucrânia

A Ucrânia vem modificando as suas táticas e o seu poder militar, conforme a matéria do The New York Times a guerra teve o aumento de vítimas após a contraofensiva ucraniana, que ocorreu em fevereiro desse ano (2023). Segundo autoridades dos EUA, disse que “nos últimos dias, as tropas ucranianas começaram a perfurar os anéis iniciais das defesas russas”.

Declarações dos dois lados sobre a matéria

Do lado ucraniano, o conselheiro sênior da presidência, Mykhailo Podolyak, disse sobre a matéria do The New York Times, em uma entrevista a um canal do YouTube da jornalista Yulia Latynina nesta sexta-feira.

“Adotamos um modelo que só o Estado-Maior tem o direito de dar voz aos números dos feridos, dos inválidos, dos que perderam membros, dos desaparecidos e, claro, do número de pessoas que morreram nesta guerra”, disse o conselheiro sênior.

Já no lado Russo, até o momento não houve comentários sobre a matéria.

Foto destaque: Um tanque de guerra ucraniano se preparando para um combate - Reprodução: (ALEKSEY FILIPPOV/AFP/Getty Images)

VEJA TAMBÉM

Câmara dos EUA dá passo adiante para aprovação do financiamento à Ucrânia e Israel  Lorena Bueri

Câmara dos EUA dá passo adiante para aprovação do financiamento à Ucrânia e Israel

Dois meses após aprovação do pacote de US$ 95 bilhões pelo Senado americano; Projetos de Lei buscam oferecer ajuda externa, o que inclui o financiamento para proteção das fronteiras de ambos os países
Avião Militar da Rússia é atingido deixando 8 mortos e 25 feridos  Lorena Bueri

Avião Militar da Rússia é atingido deixando 8 mortos e 25 feridos

Aeronave militar da Rússia, modelo Tu −22M3, conhecida por carregar mísseis das forças aéreas, foi abatida nesta semana pela Ucrânia, deixando feridos e mortos no local
Palestina é vetada pelos EUA como Estado independente pela ONU Lorena Bueri

Palestina é vetada pelos EUA como Estado independente pela ONU

Nesta quinta-feira (18), projeto de votação EUA vetou em reconhecimento a Palestina de se tornar um membro pleno no Conselho de Segurança da ONU
Rússia atribui à Ucrânia a responsabilidade pelos bombardeios em instalações médicas  Lorena Bueri

Rússia atribui à Ucrânia a responsabilidade pelos bombardeios em instalações médicas

Os ataques aconteceram em áreas controladas pela Rússia; Autoridades russas alegam que os bombardeios foram executados com armas ocidentais e Ministério das Relações Exteriores alega negligência
Irã vai sofrer novas sanções dos EUA, da União Europeia e do Reino Unido Lorena Bueri

Irã vai sofrer novas sanções dos EUA, da União Europeia e do Reino Unido

As sanções serão contra o programa de fabricação de misseis e drones; que afetará empresas e pessoas que ajudam a financiar a fabricação de componentes dos artefatos
Tesla reduz mais de 10% de seus funcionários nos EUA e China Lorena Bueri

Tesla reduz mais de 10% de seus funcionários nos EUA e China

Essa redução equivale a 14 mil trabalhadores demitidos nos dois maiores mercados da montadora, departamentos como vendas, tecnologia e engenharia são os mais afetados
Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo