Mundo Animal

Zoológico de Volta Redonda recebe araras-azuis, inéditas no local

Araras-azuis com 15 anos de vida recebem novo lar em zoológico do Rio de Janeiro, após criatório onde viviam encerrar suas atividades. Espécie é ameaçada de extinção

3 min de leitura
01 Set 2022 - 19h40 | Atualizado em 01 Set 2022 - 19h40

Foram recebidas na última terça-feira (30), na cidade de Volta Redonda (RJ), seis araras-azuis que vieram de um criatório em Areal (RJ), que encerrou suas atividades e precisou realocar os animais. É a primeira vez na história do zoológico que haverá esta espécie de arara, de acordo com a Prefeitura do Rio, que é a administradora do local. Cada uma das aves tem em média 15 anos de vida.

As equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do zoológico de Volta Redonda, receberam as araras e vão conduzir as aves durante a adaptação no novo ambiente em que elas vão viver a partir de agora.


                               

                                      Entrada do zoólogico de Volta Redonda (RJ) (Foto:Reprodução/Jornal Tribuna Livre)


De acordo com a Prefeitura, no momento as araras ficarão isoladas e vão passar por avaliações para receberem a alimentação adequada, além da realização de exames. Este processo pode levar de três à quatro semanas para ser devidamente concluído.

Caracteristicas da arara-azul

As araras-azuis são consideradas uma das espécies mais inteligentes no grupo das aves. As mesmas são sociáveis e costumam viver em bandos ou grupos.

Araras adultas podem chegar a pesar até 1,3 kg e filhotes atingem até 1,7 kg em seu pico de peso. Elas podem medir cerca de um metro, levando em conta da ponta do bico até a ponta da cauda, se tornando a maior espécie da família psittacidae, que também inclui os papagaios, periquitos e maracanãs.

A plumagem da arara tem uma cor azul-cobalto, que segue um degradê da cabeça até a cauda. Possuindo também uma cor forte de amarelo ao redor dos olhos e pálpebras.


                             

                                  Arara-azul pode chegar a um metro de comprimento (Foto:Reprodução/ O Progresso)


De acordo com o Instituto Arara-Azul, a espécie está na lista dos animais ameaçados de extinção, devido a sua baixa taxa de natalidade, levando em conta a destruição de seu habitat natural, em busca da coleta de ovos e filhotes para o tráfico de animais. Estas aves começam a se reproduzir aos sete anos e, em geral, a fêmea chega ter dois filhotes, mas apenas um sobrevive.

A arara-azul está na lista de animais vulneráveis do Ministério do Meio Ambiente e, devido a isto, as aves recebem acompanhamento constante dos órgãos responsáveis. Ainda de acordo com o Instituto Arara-Azul, o número de aves da espécie subiu desde 1999, quando eram 1.500 aves, passando para 5.00, atualmente localizadas na região do Pantanal.

 

Foto Destaque: Arara-azul / Reprodução: CNB Campinas

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo