Cinema/TV

Zack Snyder divulga em rede social vídeo de teste para os poderes de Flash

Cineasta divulga em seu Vero um vídeo sobre o teste para os poderes do super-herói Flash. Segundo o diretor a mídia representa a idealização da cena e foi filmada em seu celular. Além disso, saiba mais sobre como surgiu a Liga da Justiça de Zack Sn

3 min de leitura
28 Fev 2022 - 10h16 | Atualizado em 28 Fev 2022 - 10h16

O diretor de cinema Zack Snyder compartilhou em seu Vero um vídeo de teste para os poderes de velocidade do super-herói Flash em Liga da Justiça, a mídia foi postada também no Twitter SnyderCut BR. O cineasta revelou o vídeo feito em frente a uma tela verde e com dublê, o mesmo explica que o momento foi registrado com o celular e afirma: “como um exemplo de como a filmagem poderia ser”.

Snyder, em sua publicação, mostra-se saudoso ao compartilhar o vídeo e escreveu na legenda: “bons tempos”.



A Liga da Justiça de Zack Snyder é um perfeito exemplo do impacto do fandom. Graças à reivindicação dos fãs, após o cineasta ter deixado o projeto e sido substituído por Joss Whedon, a versão original do filme, idealizada pelo cineasta com quatro horas de duração, viu a luz do dia. Tal versão encontra-se disponível no streaming HBO Max.

Para quem não sabe, Zack Snyder largou o projeto após a trágica morte de sua filha Autumn Snyder. Além disso, o mesmo, em entrevista à Vanity Fair, informou que atritos com a Warner Bros também motivaram a saída dele.

Os primeiros desentendimentos começaram após a recepção mista de “Batman vs Superman”, em 2016. Na época, o então chefe da Warner, Kevin Tsujihara, exigiu que o chefe criativo da DC Entertainment Geoff Johns, ou o chefe de produções do estúdio Jon Berg, estivessem presentes acompanhando as filmagens no set.


Zack Snyder em set fe filmagem de "Liga da Justiça". (Foto: Reprodução/AdoroCinema)


Mesmo com a presença dos dois, Snyder não se sentiu incomodado. O cineasta diz que: “Eles não eram ameaçadores. Simplesmente senti que as ideias que eles tinham, em que estavam tentando adicionar humor e coisas assim, não eram nada muito afrontoso”. Já Berg afirmou que não amou esse período, entretanto foi respeitoso com o diretor enquanto buscava por um meio-termo. O chefe de produções afirma que: “Meu trabalho era tentar mediar um criador, cuja visão é instintivamente sombria, e um estúdio que achava, de forma certa ou errada, que os fãs queriam algo mais leve”

Os problemas se intensificaram em janeiro de 2017, quando Zack Snyder apresentou seu primeiro corte para Kevin Tsujihara. Na ocasião, o executivo falou sobre os problemas da versão do diretor, sendo um deles a duração do longa, que era para ter no máximo duas horas. Além de cortar muitas das partes leves do filme, as falas do executivo afetaram diretamente todo o planejamento do diretor. Sobre o assunto, Snyder disse: “Como eu conseguiria apresentar seis personagens e um alienígena com potencial para dominação mundial em duas horas? Quer dizer, eu posso fazer, pode ser feito. Claramente foi feito, mas eu não via como”

Segundo a reportagem, é nesse momento que Joss Whedon, diretor e roteirista de “Vingadores”,  foi chamado para fazer parte do projeto. Whedon foi contratado, inicialmente, para reescrever diversos trechos de “Liga da Justiça”, isso no mesmo período em que trabalhava no já abortado filme da “Batgirl”. Conforme foi passando o tempo, o cineasta foi ganhando mais poder, até mesmo regravando  trechos antes de Snyder se desligar da produção.

Foi após muita luta para manter sua visão do longa, que Zack e sua esposa Deborah Snyder  (produtora do filme) largaram a “Liga da Justiça”. “Nós simplesmente perdemos a vontade de lutar em muitos sentidos. Todos nós, a família toda, estávamos tão quebrados que ter essas conversas no meio daquilo realmente se tornou… Eu estava meio ‘sério?’. Francamente acho que fizemos a coisa certa, porque acho que ou ficaríamos incrivelmente briguentos, ou apenas desistiriamos” complementou o diretor. 

No fim das contas, a versão de Whedon não fez sucesso, nem mesmo dentro da própria Warner. Um executivo do estúdio, que pediu anonimato à Vanity Fair, deixou bem claro sua insatisfação. O mesmo afirma que “quando vimos o que Joss realmente fez, foi assombroso. O ladrão no telhado - tão bobo e horrível. A família russa - tão inútil e sem sentido. Todo mundo sabia disso. Foi muito estranho, porque ninguém queria admitir o pedaço de m**** que isso era”.  

Após seu afastamento da “Liga da Justiça”, Zack Snyder só pôde retornar ao projeto em novembro de 2019, quando o chefe da Warner Toby Emmerich lhe ofereceu mais uma tentativa, que só foi logística e financeiramente possível por conta do streaming HBO Max. Snyder, por sua vez, relembra que a Warner queria lançar a versão crua que ele havia preparado para as primeiras exibições, o que ele foi completamente contra. Foi depois de muitos diálogos com o estúdio que o diretor, finalmente, teve sinal verde para poder concluir seu filme com adições de novas cenas e um upgrade nos efeitos visuais. 


Poster de "Liga da Justiça de Zack Snyder". (Foto: Reprodução/Rolling Stone - UOL)


Por fim, Zack Snyder fez a revelação que Autumn foi a razão para ele ter retornado para concluir a “Liga da Justiça”. Com o objetivo de retribuir toda a força que sua filha havia lhe dado, o longa-metragem finaliza com “Para Autumn” com a música “Hallelujah”, de Leonard Cohen, ao fundo. Tal música está presente desde os trailers e trata-se da canção favorita de Autumn. 

Foto Destaque: Flash em cena do filme "Liga da Justiça de Zack Snyder". Reprodução/Omelete.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo