Money

YouTube deve integrar recursos de NFT em breve, diz CEO da plataforma

De acordo com Susan Wojcicki, a plataforma de vídeos pretende entrar no segmento de NFTs ainda em 2022. Até o momento, o YouTube está estudando uma maneira de realizar essa integração.

3 min de leitura
26 Jan 2022 - 10h22 | Atualizado em 26 Jan 2022 - 10h22

Na terça-feira (25), a CEO do YouTube, Susan Wojcicki, divulgou em sua carta anual aos criadores de conteúdo quais seriam as expectativas da plataforma de vídeo para o ano de 2022. Dentre as diversas prioridades apontadas, Susan revelou que existe a probabilidade da empresa explorar recursos típicos dos NFTs muito em breve. 

 

De acordo com a CEO, a intenção é ampliar o ecossistema do YouTube a fim de ajudar os criadores de conteúdo em seus processos de monetização com base em tecnologias emergentes no mercado. A equipe responsável pela plataforma tem observado atentamente as criações da Web 3.0 como um meio de inspiração, afirma Susan. Com isso, eles pretendem garantir que a empresa esteja sempre adaptada às tendências  do momento. 

 

Além dos NFTs, o YouTube enxerga o segmento de criptomoedas e de organizações autônomas descentralizadas (DAOs) como outras grandes oportunidades. “No ano passado, no universo das criptomoedas, os tokens não fungíveis (NTFs) e até mesmo as organizações autônomas descentralizadas (DAOs) pavimentaram novos caminhos, até então inimagináveis, para aumentar a conexão entre criadores de conteúdo e seus fãs", disse a CEO em sua carta.


Em carta, Susan também relata que atualmente os criadores de conteúdo têm 10 formas de capitalizar recursos, sendo uma delas o Shorts (Foto: Reprodução/Pexels)


Apesar de ter sido demonstrado o desejo de implementar os recursos NFTs à plataforma de vídeos mais famosa do mundo, nada foi dito acerca da maneira como isso irá ocorrer realmente ou se já  existe uma data para um possível lançamento. O súbito interesse do Youtube nessa nova tendência do mercado marca a entrada da Alphabet, dona da plataforma e também do Google, no segmento de colecionáveis digitais. 

 

Vale ressaltar que o YouTube não é a única rede social que vê com bons olhos o uso desses novos recursos. Recentemente, o Twitter permitiu que os usuários utilizassem NFTs como suas fotos de perfil na rede. Ademais, outro rival que também está atento à novidade é o Instagram, visto que a Meta, empresa por trás do aplicativo, também se mostrou interessada no segmento.

 

Foto destaque: Logotipo do Youtube. Reprodução/Pixabay 

 

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo