Tech

WhatsApp lança recurso que permite grupos com 1.024 usuários

O usuário poderá ocultar seu status online, realizar videochamadas com 32 participantes e criar grupos com até 1.024 usuários. Mas esse recurso só estará disponível no Brasil em 2023.

3 min de leitura
03 Nov 2022 - 19h04 | Atualizado em 03 Nov 2022 - 19h04

A empresa Meta anunciou nesta quinta-feira (03) o lançamento global do recurso “comunidades” no Whatsapp, com este recurso o usuário poderá organizar vários grupos em estruturas maiores, além de outros recursos, como grupos com mais de mil participantes e enquetes e a mais recente função “ocultar” o online.

No entanto, esse recurso só será lançado no Brasil em 2023, confirmou a empresa para o portal G1.

Isso porque, quando anunciada, em abril de 2021, a novidade gerou preocupações com relação ao combate à circulação de fake News durante as campanhas eleitorais. A empresa informou, na época, que o “comunidades’’ não seria lançado no país antes do término das eleições.


Comunidades do WhatsApp. Divulgação/WhatsApp


A empresa, já tinha assinado uma parceria com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para tomar providências contra fake News, assim como outros aplicativos, mas depois esclareceu que a decisão de adiar o “comunidades” era estratégia global da Meta, e não era um item do acordo.

Em agosto deste ano, o Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo recebeu um ofício do Whatsapp afirmando que o “comunidades” não seria implementado no Brasil antes de 2023.

O recurso reunirá vários grupos de conversa, onde os administradores poderão enviar alertas para uma comunidade de milhares (um recurso que pode ser usado por locais de trabalho ou escola).

No Whatsapp, Também será possível realizar videochamadas em grupo com até 32 pessoas e enquetes de bate-papo.  O app permitirá que o grupo tenha até 1.024 usuários, muito acima da restrição anterior de 256 usuários, vale ressaltar, que tal função ainda não é permitida no Brasil. Isso alinha o aplicativo com o seu principal concorrente, o Telegram.

Segundo o site Reuters, O Brasil representa, no momento, o segundo maior mercado do WhatsApp, ficando atrás apenas da Índia. Os dados mais atualizados, de 2019, mostravam que o whatsapp detinha pouco mais de 120 milhões de usuários no país.

 

 

Foto Destaque: Logo do Whatsapp. Reprodução\Getty Images.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo