Veja como cuidar dos cabelos ralos e finos
Categoria: | Beleza

Veja como cuidar dos cabelos ralos e finos

Lorena Fernandes - Publicado 05 de Dec de 2020 às 15:12
1 Comentarios

Os cabelos mais ralinhos são identificados pela grande quantidade de frizz, e dos fios quebradiços, que acabam dando uma aparência mais minguada. E claro, esse fator desmotiva grande parte das mulheres, se tornando muitas vezes, um incômodo, afinal, quem é que não adora olhar para o cabelo e ver o quanto está nutrido, macio e brilhoso?  Mas pode ficar tranquilo caro leitor, pois esse problema tem solução sim!


Cabelo ralo. (Foto: Reprodução/Pinterest)


Esse problema capilar acontece, basicamente, pela diminuição da densidade dos fios ou da queda dele. A tricologista Viviane Coutinho contou os principais cuidados para ajudar quem sofre desse problema e, claro, recuperar a vitalidade e movimento dos fios. Confira abaixo:

Dicas

Como Identificar o problema:

Leia mais: Aprenda tudo sobre como fazer o delineado colorido

A expert dos fios afirma que não é difícil identificar quando se tem uma queda de cabelo, já que tal fato pode ser percebido só ao olhar: “Quando os fios estão mais fracos, eles tendem a quebrar mais facilmente e cair com maior regularidade. Se a pessoa estiver perdendo uma grande quantidade de cabelo ao longo do dia, é bom ligar o sinal de alerta”.

Caso ainda tenha dúvidas, uma observação minuciosa é válida, ou pedir que alguém ajude, no caso um especialista em cabelos. “Se houver grandes áreas com poucos fios ou um aumento de tamanho nas linhas ao dividir o cabelo, evidenciando o couro cabeludo, fique ainda mais atenta”, pontua Viviane Coutinho. 

Fios finos x cabelos ralos

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, as duas definições não são a mesma coisa. A profissional Viviane Coutinho conta que é possível ter madeixas grossas e ainda sim sofrer de cabelo ralo. “O cabelo ralo é resultado de uma menor quantidade de fios e o cabelo fino, por sua vez, é consequência de fios com menor densidade”.

Causas

O primeiro passo após identificar a queda é descobrir as causas, que podem ser várias. “Para iniciar o tratamento adequado e recuperar a vitalidade dos fios, é fundamental ter essa informação em mãos”, explica. Entre os principais fatores dos cabelos ralos estão a má alimentação, o estresse e a ansiedade. Além disso, fatores genéticos ou envelhecimento também podem ser causas do problema. O excesso de química e uso contínuo de aparelhos como chapinha, secador e babyliss são bastante prejudiciais para a saúde do cabelo, tornando-os fragéis e, dessa forma, ocasionando a queda dos fios.

Prevenção

A profissional conta que não é necessário esperar chegar a um quadro grande de perda de cabelo para que sejam devidamente tratados. Os cuidados devem começar o mais rápido possível, não só quando se nota problemas: “Nunca é só sobre cabelo. Precisamos nos cuidar para termos qualidade de vida e mais autoestima”.

Tratamento

As opções de tratamento para os cabelos ralos variam de acordo com o problema de cada pessoa e devem ser recomendados por um profissional especializado. “Para aquelas que aderem à química, é possível recorrer a outros tipos de alisamento e, no caso das pessoas mais velhas, os agentes antioxidantes também são ótimos aliados para retardar o processo”, declara Viviane

(Foto Destaque: Mulher penteando o cabelo. Reprodução/Ativo Saúde)

Deixe um comentário