Notícias

Veja como consultar e resgatar valores liberados pelo Banco Central

A estimativa do Banco Central é de que R$ 8 bilhões sejam devolvidos. Em breve o BC divulgará os procedimentos para que a consulta e resgate sejam feitos por terceiros, nos casos em que o titular da conta tenha morrido.

3 min de leitura
15 Fev 2022 - 15h20 | Atualizado em 15 Fev 2022 - 15h20

Banco Central afirma que irá detalhar os métodos de resgates para casos em que o proprietário do recurso não tiver login no site do Governo Federal (gov.br). Em casos em que há recursos “esquecidos”, ou seja, de pessoas que morreram ou de empresas que encerraram operações, os recursos também serão liberados para resgate.

Para ter acesso ao dinheiro “esquecido”, é necessário CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), data de nascimento ou de abertura da empresa. Com esses dados, é possível verificar se há recursos vinculados à uma empresa ou pessoa física, mesmo que o titular tenha morrido ou que a empresa tenha sido fechada. A metodologia para a consulta dos valores e o pedido da restituição nesses casos, ainda não foram especificados pelo Banco Central – que informa que em breve dirá quais métodos serão adotados para que a consulta e resgate dos valores possam ser feitos por terceiros.


Real brasileiro. (Foto: Reprodução/ IStock)


“Em breve o Banco Central irá divulgar os procedimentos para consulta de valores a receber por terceiros legalmente autorizados (procurador, tutor, curador, herdeiro, inventariante ou responsável por menor não emancipado), nos casos em que o proprietário dos recursos não puder obter login gov.br nível prata ou ouro”, relatou o BC.

A estimativa é de que R$ 8 bilhões sejam devolvidos. A consulta e resgate são realizados pelo site Valores a Receber. Para ter acesso ao site, clique aqui.

Para consultar, siga o passo a passo:

  • Acesso o site https://valoresareceber.bcb.gov.br/;
  • Tenha o CPF em mãos (em caso de pessoa física) ou o CNPJ (no caso de empresas);
  • O site informará uma data para consulta e solicitação do saque;
  • Retorne ao site na data informada;
  • Use o login gov.br para ter acesso ao sistema;
  • Após acessar, consulte o valor e peça a transferência.

Foto Destaque: Fachada do Banco Central. Reprodução/ Rayra Paiva Franco/ O Panorama

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo