Saúde

Uso emergencial da Coronavac será discutido pela Anvisa

O grupo a ser contemplado pelo uso emergencial da Coronavac pertencem a faixa etária de 3 a 5 anos de idade. A pauta será discutida pela Agência Nacional de Saúde (Anvisa).

09 Jul 2022 - 09h30 | Atualizado em 09 Jul 2022 - 09h30
Uso emergencial da Coronavac será discutido pela Anvisa Lorena Bueri

Na próxima quarta-feira (13/7) será discutido a autorização do uso emergencial da Coronavac - vacina contra a Covid-19 - para crianças de 3 a 5 anos de idade. No Brasil, o imunizante é utilizado pelo público adulto e abrange também crianças e adolescentes pertencentes a seguinte faixa etária - de 6 a 17 anos. 

Conforme informado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a pauta será discutida através de uma vídeo conferência com a presença de diretores, transmitida ao vivo pelo canal da Agência na plataforma do YouTube. O horário previsto para o início da reunião é às 14h30. 

Na China, Hong King, Equador, Chile, Tailândia, Camboja e Colômbia, o uso emergencial da vacina Coronavac em adolescentes e crianças já é permitido.


Imunização infantil  (Reprodução/ CNN)


Já no Brasil, o uso do imunizante contra a Covid-19 no grupo contemplado atualmente - crianças e adolescentes de 6 a 17 anos; foi autorizado no dia 20 de janeiro, após solicitação do Butantan. O Instituto solicitou que o uso emergencial da Coronavac fosse estendido a faixa etária de 3 a 17 anos. Entretanto, o pedido não pode ser atendido devido as lacunas encontradas nos estudos de segurança e efetividade do imunizante no que se referia ao imunossuprimidos e crianças de 3 a 5 anos de idade.

Posteriormente, em 11 de março, o Instituto Butantan refez a solicitação visando a inclusão da faixa etária ainda não contemplada pelo uso da Coronavac - 3 a 5 anos de idade. 

Para a aprovação do pedido, são considerados critérios internacionais rigorosos. Através da análise criteriosa dos dados disponíveis de estudos a cerca do que foi solicitado, juntamente com as informações apresentadas no pedido de ampliação, será determinado a viabilidade e a segurança de uma possível inclusão do grupo ainda não contemplado pela Coronavac. A qualidade dos dados referentes ao pedido é fator determinante para a autorização ou não do uso emergencial do imunizante.

 

Foto destaque: Coronavac (Reprodução/ Jornal da USP)

 

VEJA TAMBÉM

Fallout é renovada para segunda temporada no Prime Vídeo Lorena Bueri

Fallout é renovada para segunda temporada no Prime Vídeo

Série baseada em jogos pós-apocalípticos e ambientalistas,"Fallout" é renovada para segunda temporada na plataforma de streaming
Desigualdade de renda no Brasil é analisada em nova pesquisa do IBGE Lorena Bueri

Desigualdade de renda no Brasil é analisada em nova pesquisa do IBGE

Em 2023, o 1% mais rico do Brasil ganhou 40 vezes mais que os 40% mais pobres e o rendimento médio nacional foi R$ 2.846, com o maior no DF e o menor no Maranhão
Câmara dos EUA dá passo adiante para aprovação do financiamento à Ucrânia e Israel  Lorena Bueri

Câmara dos EUA dá passo adiante para aprovação do financiamento à Ucrânia e Israel

O avanço acontece dois meses após aprovação do pacote de US$ 95 bilhões pelo Senado americano; Projetos de Lei buscam oferecer ajuda externa, o que inclui o financiamento para proteção das fronteiras de ambos os países
Tons terrosos são destaque na maquiagem para o outono de 2024 Lorena Bueri

Tons terrosos são destaque na maquiagem para o outono de 2024

A cor marrom vai bombar no outono: dos desfiles do SPFW às celebridades internacionais, os tons terrosos estão em destaque entre os maquiadores
Índia inicia sua histórica eleição geral, um processo que se entenderá por semanas Lorena Bueri

Índia inicia sua histórica eleição geral, um processo que se entenderá por semanas

As eleições gerais na Índia começaram, marcando o início de um evento crucial, com quase 1 bilhão de eleitores, o país está no centro de uma batalha política que definirá seu curso futuro
Pesquisa comprova que alimentos ultraprocessados contribuem para o desenvolvimento de câncer  Lorena Bueri

Pesquisa comprova que alimentos ultraprocessados contribuem para o desenvolvimento de câncer 

Em Singapura um estudo mostrou que consumir alimentos ultraprocessados, os famosos “junk food”, pode “desligar” o mecanismo de defesa contra o câncer 
Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo