Notícias

Tonga recebe primeiros indícios de auxílio humanitário de países, após tsunami e erupção de vulcão

Os dois primeiros aviões de ajuda humanitária emergencial chegaram ao país oceânico de Tonga, após enorme tsunami ter sido causado devido a erupção de um vulcão submarino.

3 min de leitura
20 Jan 2022 - 20h30 | Atualizado em 20 Jan 2022 - 20h30

Após os recentes acontecimentos no país oceânico de Tonga, a ajuda humanitária chega aos locais afetados pelo terrível desastre natural, trazendo consigo os primeiros dois aviões de transporte militar oferecidos pelos países da Nova Zelândia e Austrália que tiveram suas aterrissagens realizadas no aeroporto principal do reino polinésio.  

Foi no dia de hoje, nesta quinta-feira do dia 20 de janeiro de 2022, cinco dias depois do vulcão submarino causar um enorme tsunami em toda Tonga levando a seu isolamento do resto do planeta, o auxílio humanitário emergencial de extrema importância chegou as áreas atingidas de modo que possam reerguer o país.

Com os cabos submarinos de comunicação danificados nesse sábado, o país de Tonga acabou ficando inacessível, devido a intensa erupção vulcânica que não acontecia durante décadas, cobriu todo o território em cinzas trazendo consigo um gigantesco tsunami que imobilizou boa parte do Pacífico.

"Aterrissou!", Zed Seselja, o responsável sobre as relações com o Pacífico e ministro de Desenvolvimento Internacional da Austrália festejou logo após o avião C-17 ter chegado em Tonga "carregando muitos suprimentos humanitários".

"Um segundo C-17 está a caminho", comentou ainda empolgado sobre a chegada dos aviões vindos do país australiano.

Assim, a Nova Zelândia também afirmou que o Hercules C-130 pousará em Tonga logo.


A ajuda chega em Tonga, após erupção de vulcão. (Foto: Reprodução/Maxar Technologies via Getty Images/CNN Brasil)


De acordo com as indicações feitas por Nanaia Mahuta, ministra das Relações Exteriores do país da Nova Zelândia, a aeronave em questão está transportando itens de comunicação e higiene, equipamentos de abrigos temporários, água e geradores elétricos.

Além disso também foi anunciado pelo Japão que serão enviados dois aviões C-130 por eles, em conjunto que a França e a China se colocaram a disposição oferecendo sua ajuda ao país oceânico. Porém, com as medidas extremas de proteção contra o vírus da Covid-19, Tonga não foi afetada pela doença estando livre de contágios até agora, o que faz com que os envios feitos pelos países que se comprometeram a oferecer a ajuda necessária ao arquipélago do Pacífico que entreguem os itens sem que tenham contato.

Segundo dados oferecidos pela ONU, cerca de 80% da população de Tonga sofreram com os danos da tragédia, tendo em vista que uma de suas necessidades de maior importância no momento seja a falta de água potável, pois as cinzas do vulcão acabaram contaminando as reservas de água da localidade.

Dessa forma, por causa do desastroso acontecimento, desde sábado as notícias que estão sendo recebidas no país se encontram bastante limitadas, deixando inexato o número de danos sofridos. Por enquanto tiveram a confirmação de três mortes pelo tsunami e pela erupção, que atingiram as costas dos EUA e do Chile devido ao impacto.

Outras duas mulheres faleceram no Peru e 6.000 barris de petróleo foram derramados, o que afetou a costa de Callao em meio a fauna e flora da província.

O governo de Tonga disse que a erupção vulcânica trouxe "um desastre sem precedentes". "O abastecimento de água em Tonga foi severamente afetado pelas cinzas e pela água salgada do tsunami", a membro Katie Greenwood da Federação Internacional da Cruz Vermelha alertou que pode haver o risco de doenças como diarreia e cólera contaminarem a população.

Foi assegurado por Fatafehi Fakafanua, presidente da Assembleia de Tonga que "toda a agricultura está arruinada".

Mesmo que parte das comunicações internas de Tonga tenham se restabelecido, as ligações feitas com exterior ainda continuam fora do ar e poderão ficar assim por um bom tempo, até que o cabo submarino seja reparado em um período estimado de quatro semanas.

Foto destaque: Tonga recebe ajuda após tsunami. Reprodução/LSIS David Cox/Australian Defence Force/AFP/exame.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo