Money

The Athletic foi comprado por US$ 550 milhões pelo jornal The New York Times

A compra faz parte de ações que o The New York Times tem praticado com o objetivo de diversificar o seu público e atrair mais assinantes, a nova aquisição trará 1,2 milhões de assinantes para o jornal

3 min de leitura
07 Jan 2022 - 17h58 | Atualizado em 07 Jan 2022 - 17h58

Com 170 anos de história, o jornal The New York Times busca negócios que contribuirão para ampliar as ofertas digitais do jornal, proporcionando uma diversificação em seu público. A aquisição do site de informações esportivas The Athletic levará para o New York Times cerca de 1,2 milhão de assinantes.

Fundado em 2016, o site The Athletic tem sua sede em San Francisco na Califórnia. O foco do site é em reportagens sobre os times universitários e profissionais dos Estados Unidos e também do Reino Unido, onde o site obteve uma versão em 2019, em 2021 fizeram uma parceria com o Optus Sport, grupo australiano de televisão. Contudo, de acordo com informações vinculadas nos Estados Unidos, o site de informações vinha apresentando dificuldades para conquistar rentabilidade.


Faixada The New York Times. (Foto: Reprodução/O Globo)


Em janeiro de 2020 o The Athletic teve avaliação entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão. O site já obteve aproximadamente US$ 139,5 milhões em investimentos, desde o seu começo, segundo informações do banco de dados Crunchbase.

A venda para o The New York Time pelo valor de US$ 550 milhões, considerada a maior aquisição do jornal nos últimos 30 anos, concedera ao The Athletic um melhor rendimento, se comparado a outros grupos semelhantes que foram comprados há pouco tempo. A receita do site foi de US$ 77 milhões em 2021, sendo que a venda trouxe ao The Athletic sete vezes esse valor.

Nos últimos anos o The New York Times formou um extenso número de assinantes de notícias online em todo o mundo. Com o objetivo de diversificar e rejuvenescer seu público, o jornal tem feito algumas aquisições ao longo dos anos. O site que testa e recomenda produtos, Wirecutter foi comprado em 2016, já em 2020, o jornal, assumiu o controle do estúdio Serial Productions, o The New York busca enriquecer a sua oferta ao público que vai de podcasts a receitas.

 

Foto destaque: Sede do The New York Times. Reprodução/Poder 360

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo