Notícias

Temporal em Petrópolis deixa 58 mortos; os bombeiros ainda não divulgaram o número de desaparecidos

Na tarde de terça-feira (15) um forte temporal causou deslizamentos e alagamentos em Petrópolis no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira (16), a Prefeitura e o Corpo de Bombeiros de Petrópolis informou que o número de mortos aumentou para 58.

3 min de leitura
16 Fev 2022 - 14h40 | Atualizado em 16 Fev 2022 - 14h40

A Prefeitura de Petrópolis, e o Corpo de Bombeiros da Região Serrana do Rio, informaram na manhã de quarta-feira,16, que o número de mortos subiu para 58, depois da tempestade que ocorreu na tarde de terça-feira, 15. Parte das vítimas foram encontradas quando o nível da água que transbordou dos rios e invadiu as ruas diminuíram. O número de desaparecidos ainda não foi divulgado pelo Corpo de Bombeiros.

A Prefeitura decretou estado de calamidade pública e informou que as equipes dos hospitais foram reforçadas para o atendimento às vítimas. Além disso, escolas municipais viraram pontos de apoio a quem foi afetado pela chuva.

Equipes especializadas em buscas e salvamentos foram enviadas para reforçar o socorro, com apoio de viaturas do tipo 4x4, botes e oito ambulâncias extras. Há previsão para o envio de 10 aeronaves das Forças de Segurança do Estado para auxiliar nos resgates.


Moradores gravam vídeos durante o temporal em Petrópoles (Foto:Reprodução/Youtube)


Em um período de seis horas, o volume de chuva chegou a 259 milímetros. E o volume esperado para o mês era de 238. Morros vieram a baixo, carregando pedras do tamanho de carros, veículos ficaram empilhados devido à correnteza e vias importantes foram bloqueadas, dificultando o acesso às vítimas.


Moradores ajuda os bombeiros no resgate de vititimas no Morro da Oficina (Foto:Reprodução/Youtube)


Segundo a Defesa Civil, ainda há previsão de chuva moderada a qualquer momento no município nesta quarta-feira (16). Em caso de emergência, o telefone 199 estará disponível.

O Presidente da Câmara Municipal de Petrópolis, Hingo Hammes, comunicou que o ponto mais afetado foi uma escola Municipal no bairro do Alto da Serra. Crianças que estavam no local foram atendidas pelo pronto-socorro ao lado do colégio.

Localidades mais afetadas pelas chuvas

As localidades mais afetadas pelos deslizamentos foram: Quitandinha, Alto da Serra, Castelânea, Centro, Coronel Veiga, Duarte da Silveira, Floresta, Caxambu e Chácara Flora. Já os alagamentos afetaram bairros como Alta da Serra, Corrêas, Centro e Mosela. O alto da Serra foi o local mais devastado pelas chuvas, a Prefeitura estima que pelo menos 80 casas foram atingidas pela barreira que caiu no Morro da Oficina.

Foto destaque: Forte temporal em Petrópolis causa deslizamentos, e deixa 58 mortos. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo