Notícias

Sindicato dos jornalistas de São Paulo questiona TV Globo após surtos de Covid-19

Alerta vermelho para Covid-19 na Rede Globo de Televisão faz com que o sindicato de jornalistas de São Paulo questione a emissora a adotar medidas de segurança para amenizar o surto do vírus.

3 min de leitura
09 Jan 2022 - 10h32 | Atualizado em 09 Jan 2022 - 10h32

Após apontar um surto de Covid-19 na TV Globo o sindicato dos jornalistas de São Paulo cobrou da emissora medidas de segurança. Tendo em vista que os casos de Influenza e da variante Ômicron estão em alta, a rede de televisão foi questionada pela associação.


Imagem meramente ilustrativa - (Foto: Reprodução/Diário do Rio)


''Foram relatados dezenas de casos de covid-19 na empresa nos últimos dias. O Sindicato reivindica a que a emissora teste de maneira imediata todas as pessoas que tiveram contato com profissionais infectados nos últimos dias, além de garantir o home office para aqueles jornalistas com sintomas e que ainda não realizaram a testagem.'' Diz o texto publicado no site oficial do sindicato.

A Corporação encaminhou um comunicado para as redações e também uma solicitação de que os jornalistas que entraram em contato com o vírus tenha o "necessário repouso, com a licença laboral". Pelo mesmo motivo o Sindicato entrou em contato com a RecordTV e a EBC. "No final de 2021, a RedeTV enfrentou uma situação parecida", apontou.

"Solicitamos à TV Globo que adote o home office para a maior parte dos profissionais que não necessitem exercer seu trabalho presencialmente, além do imediato isolamento daqueles que apresentem sintomas relacionados a doenças respiratórias", concluiu a corporação.



Globo quer mais anunciantes na grade em 2022 (Foto: Reprodução / Globo)


Na última quarta-feira dia (5) a Notícias na TV publicou que a TV Globo tem quase 40 jornalistas afastados por conta da Covid-19 e entrou novamente em estado de alerta. A TV Globo se manifestou por nota enviada a Splash:

"Como todos estão acompanhando, o Brasil está passando por uma nova onda de contaminação de covid por conta da variante ômicron. O que se passa na Globo não é diferente do que vivem todas as empresas nesse momento. Desde o início da pandemia, a Globo vem atuando de maneira criteriosa, com protocolos que garantiram a segurança dos funcionários e evitaram transmissões no exercício das funções e no ambiente da empresa. Todos os funcionários com sintomas são afastados imediatamente e, se diagnosticados com covid após testagem providenciada pela empresa, permanecem em isolamento, recebendo atendimento e acompanhamento regulares da Globo. São também testados e afastados aqueles que tiverem contato próximo (definido por parâmetros científicos estabelecidos por autoridades sanitárias), dentro ou fora da empresa, com pessoas que testaram positivo."

Além disso a apresentadora do GloboNews Christiane Pelajo, relevou estar com o vírus. Ela compartilhou um desabafo em suas redes sociais após assumir ter sido diagnosticada pela segunda vez em apenas 4 meses.


Foto destaque: Rede Globo de Televisão (Foto: Reprodução/TVGlobo)

LEIA MAIS

Deixe um comentário