Saúde

São Paulo detecta 85 novos casos da variante Ômicron

Nesta terça-feira (11), a Prefeitura de São Paulo anunciou a confirmação de 85 novos casos da variante Ômicron do coronavírus na capital paulista. Cidade alcança o número de 154 casos da nova variante.

3 min de leitura
12 Jan 2022 - 14h30 | Atualizado em 12 Jan 2022 - 14h30

A Prefeitura de São Paulo identificou 85 novos casos da variante ômicron da Covid-19. O anúncio foi feito nesta terça-feira (11), e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) apontou que, das 105 amostras analisadas pelo Instituto Butantan, 85 (80,95%) foram positivas para a ômicron e 20 (19,4%) para a delta.

Segundo o Jornal da Band, a vigilância genômica é feita em parceria entre prefeitura e o Butantan. São cerca de 300 amostras de RT-PCR positivas para covid-19 semanalmente. Para regular o monitoramento, a secretaria disponibiliza a realização de testes rápidos em suas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs), Prontos Atendimentos (PAs), prontos-socorros (PSs) e nas 469 Unidades Básicas de Saúde (SMS), no setor de triagem, para identificar os casos positivos de covid-19 em pacientes com sintomas gripais.


Governo de São Paulo instrui sobre cuidados básicos para a proteção contra doenças respiratórias. (Foto: Reprodução/Instagram).


O aumento da testagem facilita a detecção e o tratamento da doença antes do seu avanço para possíveis casos graves. Além disso, o órgão também orienta que os indivíduos sigam com medidas de prevenção, tais como uso de máscaras e álcool em gel, cobrir a boca e nariz quando tossir ou espirrar e lavar as mãos imediatamente após contato com secreções respiratórias.

A Prefeitura de São Paulo deve contratar profissionais temporários em razão do aumento de casos da Covid-19 e o consequente afastamento deles. O crescimento do número de contaminados volta a pressionar o sistema de saúde, que, hoje, sinaliza a ocupação dos leitos de UTI em 41%. No dia 11 de dezembro, esse mesmo índice era de 25%. Nas enfermarias, a ocupação foi de 34% para 62%.

Amanhã, o Governo do Estado deve anunciar novas medidas restritivas. Contudo, o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), sinalizou que não haverá restrições para o comércio e o setor produtivo do agronegócio e da indústria. Ele ainda reforçou a necessidade de utilizar máscaras, que são fundamentais no combate ao avanço da ômicron.

Foto Destaque: Variante Ômicron. Foto: Reprodução/Pixabay.

LEIA MAIS

Deixe um comentário