Colunista

Saiba os motivos da queda de cabelo na pandemia e como solucionar

Queda de cabelo pode ter relação com COVID; saiba como trata-la.

3 min de leitura
18 Fev 2022 - 11h50 | Atualizado em 18 Fev 2022 - 11h50

Olá, pessoal, sejam muito bem-vindos à mais uma matéria da minha coluna. Hoje vamos falar sobre a queda de cabelo.

Especialmente nesse período de pandemia, muitas pessoas perceberam uma queda frequente de cabelo. Apesar da COVID-19 ser o principal problema da decorrência dos fios capilares, outras gripes e novas variantes também tem tirado o sossego de muitos. Mas o que essas doenças têm a ver com a queda de cabelo? Entenda.



Quando nosso corpo é infectado por alguns tipos de vírus, especialmente vírus mais fortes, como no caso da Covid, Ômicron, entre outras, nosso sistema imunológico trabalha a fim de sustentar nossos órgãos vitais, gastando energia para o que é mais importante.

Em estado de alerta ou ataque de vírus, nosso corpo abre mão de alguns periféricos, como é o caso do cabelo, pele e unha.

Além disso, a queda de cabelo pelo Covid, é conhecida como eflúvio telógeno, decorrente do acúmulo de substâncias inflamatórias em nosso sistema imunológico. Alguns especialistas abordam que, desde a nossa formação no feto, nosso corpo tende a reagir de algumas formas respondendo à “ataques” ou “invasões”. Assim, a queda de cabelo pode ser um sinal do nosso corpo em resposta de algo que está acontecendo conosco.


Maraísa, da dupla com Maíara já passou por queda de cabelo. (Foto:Reprodução/Instagram)


Estresse e ansiedade

Outros fatores também contribuem para a queda de cabelo, como o estresse e a ansiedade. Quando estamos estressados, nosso corpo produz um aumento considerado de cortisol na corrente sanguínea, o que pode afetar na absorção de certos nutrientes responsáveis pelo crescimento e fortalecimento dos fios capilares.

 Esse “hormônio do estresse” inibe a regeneração do chamado folículo capilar, o que consequentemente gera maior queda de cabelo.

Algumas atividades físicas geralmente são recomendadas para garantir melhor qualidade de vida e evitar futuros problemas.


A influencer Gabi Brandt mostra que teve queda de cabelo. (Foto:Reprodução/Instagram)


Alteração hormonal

Principalmente na adolescência, esse tipo de queda de cabelo é comum e frequente. É nesse período onde o corpo passa pelas mais diversas adaptações e mudanças. Especialmente as mulheres, que trocam de pílula ou optam por um novo método anticoncepcional, podem ter queda de cabelo momentânea. A cada dez clientes, oito reclamam da queda de cabelo decorrente da Covid, mas principalmente por causas derivadas do estresse.

A falta de Ferro também faz com que a queda de cabelo aumente. Ocorre devido às menstruações. Esse tipo de vitamina precisa ser reposta à medida que se tem recomendação médica.

A consulta médica é importante nesse caso, portanto, procure um dermatologista ou um ginecologista que consiga trocar o tipo do remédio ingerido.  



Uso frequentes de remédios

Alguns medicamentos, como antidepressivos, anticoagulantes ou remédios recomendados para o controle da pressão também podem afetar o cabelo. Em alguns tratamentos, principalmente no período inicial, isso pode ser mais recorrente.

Se você perceber que esses remédios têm afetado a qualidade dos seus fios capilares e que houve uma queda considerável de cabelo, procure um médico e informe o problema; outros medicamentos podem não surtir o mesmo efeito.

Dicas do Paty

Nesse período de queda capilar, é normal talvez ficarmos desesperados. Mas calma! Existem alguns passos que podem reverter esse quadro e voltar com o crescimento do cabelo, como:

  • Evite o excesso de creme no cabelo, principalmente em cabelos cacheados;
  • Não durma com o cabelo molhado, isso prejudica os fios e ainda prolifera fungos;
  • Não realize procedimentos de alisamento ou coloração mais intensa.


Durante o período de queda, siga os passos acima e veja se os resultados mudam. Além dessas dicas, existem muitas vitaminas no mercado responsáveis pela reposição de nutrientes que dão força e crescimento ao cabelo.

 À título de exemplo, a Bayer tem medicamentos específicos para cada caso de queda de cabelo, intimamente ligado à genética de cada pessoa. Lembramos que a procura por um médico especialista é altamente recomendável.

Com essas dicas em mente, você tem tudo para reverter a queda de cabelo e arrasar próximo ao carnaval!

 

(Foto destaque: Juju Salimene também é uma das vítimas da queda de cabelo. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo