Money

Rússia bloqueia rota marítima de grãos e fertilizantes para a Ucrânia

Uma nova situação envolvendo os dois países, Rússia e Ucrânia. A Rússia bloqueou o Mar Negro, impedindo que os navios ucranianos retirassem do porto os grãos e fertilizantes. Entenda a situação.

3 min de leitura
31 Out 2022 - 20h00 | Atualizado em 31 Out 2022 - 20h00

Será que realmente em uma guerra vale tudo? Para o presidente russo Putin, sim! A Rússia está disposta a usar tudo ao seu favor, desde os bombardeios, impedimentos de exportações de grãos, e até mesmo culpar qualquer um que ajude a Ucrânia nesta guerra que dura cerca de oito meses.  

Em julho, a Rússia e a Ucrânia fizeram um acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas) e a Turquia, que seria uma intermediadora entre os dois países em guerra. O objetivo deste acordo, seria para que Ucrânia guiasse seus navios de grãos pelo Mar Negro, onde há bloqueios pela Rússia.

Os Russos levantaram as suspeitas de que os ucranianos contrabandeariam armas, por isso a Turquia faria as inspeções nos navios. Mas para isso, a Rússia teria que desfazer os desbloqueios navais. 


Josep Borrell Fontelles - TwitterJosep Borrell Fontelles (Foto: Reprodução/Twitter)


Josep Borrell que é Chefe de Política externa da União Europeia, usa o Twitter para dizer: “A decisão da Rússia de suspender a participação, no acordo do Mar Negro, coloca em risco a principal rota de exportação de grãos e fertilizantes, muito necessários para enfrentar a crise alimentar global, causada por sua guerra contra a Ucrânia. A UE insta (insista) a Rússia para reverter sua decisão.”  Em outro post ele diz: “A Rússia deve voltar ao acordo para permitir que o corredor marítimo para alimentos chegue ao mundo.”  

A Ucrânia acredita que esta ação da Rússia já seria premeditada, sendo uma das estratégias como “munição” contra o país. Hoje (31) o Volodymir Zelensky, atual presidente da Ucrânia, postou em seu twitter que “Não devemos permitir que o mundo seja chantageado pela fome”.  

Durante este tempo de acordo, desacordo e confronto, Joe Biden que é o presidente americano, se pronunciou após a ação do país russo suspender as embarcações, dizendo que é “Puramente Ultrajante”, ou seja, originalmente ofensivo.  

Mas este impedimento aconteceu, segundo o ministério da defesa russa que acusa a Ucrânia de utilizarem 16 drones no dia 29 de outubro, próximo a Sebastopol porto que fica na Criméia junto a Rússia, contra a frota russa e que a Grã-Bretanha estaria fazendo os ataques com a marinha.

Após isso, muitas pessoas se pronunciaram, como o presidente americano e o chefe do gabinete do presidente ucraniano, disse que a Rússia se alto-ataca para culpar os outros países. O embaixador russo cutucou Joe Biden, com uma unica palavra “Ultrajante!”; o ministério da defesa da Grã-Bretanha negou as acusações, e de que seria uma invenção de história e uma estratégia russa. 


Ministry of Defence - Twitter Ministério da Defesa britânico (Foto: Reprodução/ Twitter) 


Traduzindo para o português, segundo o Ministério de Defesa britânico, “Para diminuir o tratamento desastroso da invasão ilegal da Ucrânia, o Ministério da Defesa russo está recorrendo a alegações falsas de uma escala épica, esta história inventada diz mais sobre os argumentos que estão acontecendo dentro do governo russo do que sobre o Ocidente.” 

Zelensky acredita que com o bloqueio da rota, aumentarão os preços dos alimentos, seguido de protestos, fome e migração do povo ucraniano.

Em março algumas famílias migraram para a Polônia, Eslováquia, Hungria até mesmo para a Rússia, acreditasse que devido a limitação do idioma, foi a melhor escolha que muitas famílias encontraram. 

Foto destaque: Volodymir Zelensky, presidente da Ucrânia. Reprodução/ Carta Capital.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo