Notícias

Rei holandês decide “estacionar” carruagem com imagem de escravos

Rei da Holanda, Willem-Alexander, tenta minimizar os efeitos da discriminação racial no país abandonando o uso da Carruagem Dourada, veículo que contém imagens de escravos negros servindo pessoas brancas

3 min de leitura
15 Jan 2022 - 14h00 | Atualizado em 15 Jan 2022 - 14h00

O rei da Holanda, Willem-Alexander, anunciou em um vídeo oficial que não usará mais a “Carruagem Dourada”.  Na quinta-feira (13), o monarca declarou que o seu país não está preparado para utilizar o veículo. A carruagem foi construída em 1898 e era utilizada pela família real holandesa desde 1901.

A possível motivação para o “estacionamento” da Gouden Koets (assim chamada pelos holandeses) consiste na exibição de imagens do período colonial, no veículo, representando negros escravizados em posição de subalternidade aos homens e mulheres brancas. Em uma das imagens, os negros entregam cacau e cana-de-açúcar para os senhores, insumos diretamente relacionados ao projeto colonizador do país ao redor do mundo.


Lateral da "Carruagem Dourada" sugestiona dominação racial de pessoas brancas. (Foto: Reprodução/Peter Dejong/G1).


Após cinco anos parada para reforma, a carruagem que antes era usada pela família real para ir a batizados, casamentos e outros eventos de grande porte, hoje será aposentada pelo rei holandês.  Frente a questionamentos sobre a opressão racista que o veículo endossa, o rei holandês, Willem-Alexander, afirmou:

"Não podemos reescrever o passado. Podemos tentar aceitá-lo juntos. Isto também se aplica ao passado colonial (...) A Gouden Koets  [Carruagem Dourada] só poderá ser usada quando a Holanda estiver pronta para isso. E esse não é o caso no momento", argumenta o monarca. Na intenção de amenizar o desconforto, ele acrescenta que "enquanto houver pessoas vivendo na Holanda que sintam a dor da discriminação no cotidiano, o passado ainda lançará sua sombra sobre nosso tempo".

Historicamente, a Holanda lançou-se às investidas coloniais no século XVI, tendo marcado presença nos cinco continentes. Os holandeses invadiram o nordeste brasileiro entre os séculos XVI e XVII com o intuito de dominar a produção da cana-de-açúcar, sobretudo no estado de Pernambuco. O conde Maurício de Nassau esteve responsável por grande parte das ações coloniais do país, que tiveram fim após a Insurreição Pernambucana (1645-1654), movimento apoiado por Portugal contra a dominação holandesa no nordeste do país.

 

Foto Destaque: Carruagem Dourada. Reprodução/Fotografie Bas Arps, ANPinOpdracht/Wikimedia Commons.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo