Priscilla Alcantara fala sobre crescer nos holofotes e sobre carreia musical

Publicado 17 de Oct de 2020 às 12:02

Em entrevista concedida à Revista Quem, a cantora Priscilla Alcantara, que está com um novo projeto infantil, falou sobre como foi crescer na TV e sobre a sua carreira como cantora. Recentemente, ela voltou ao ambiente infantil com a música "Vou Voar", canção original do filme "A Caminho da Lua", da Netflix. 

"Fiz televisão para criança durante a minha infância e adolescência inteira. Depois disso, não produzi nenhum outro trabalho focado no público infantil, mas ele sempre esteve comigo. Então é um privilégio muito grande poder hoje retornar a conversar com esse público diretamente através de um projeto tão bonito e especial como esse que é A Caminho da Lua. É um público com que eu consigo me relacionar muito facilmente por essa experiência. Amo criança e o público infantil. Sei do poder que esse público tem de trazer a família reunida para poder assistir e experimentar projetos e filmes como esse. Tem sido uma honra.", conta Priscilla sobre o projeto do filme. 

Leia mais: Anitta desabafa em rede social sobre invasão de fãs em sua casa

Priscilla, que hoje tem 24 anos, passou boa parte da sua infância e adolescência, apresentando o programa "Bom Dia & Cia" do SBT. Quando questionada se sentiu uma pressão sobre crescer em meio aos holofotes, ela disse que se aconteceu essa pressão, ela não sentiu. "Sempre me senti tão liberta da pressão, que querendo ou não, crescer dentro deste ambiente traz. Dentro da minha casa, cuidaram muito bem de mim para que essas pressões externas não me afetassem.  Se o público teve dificuldade ou não, foi uma coisa que eu pessoalmente não senti.".


priscilla alcantara

Priscilla Alcantara. (Foto: Reprodução/Instagram)


Ademais, a cantora ainda falou um pouco mais sobre sua carreira na música gospel. Ela, que já foi indicada a um Grammy Latino, no ano passado, na categoria Melhor Álbum de Música Cristã, pelo seu projeto Gente. 

"Querendo ou não, o que eu faço não é o usual ou o comum do que se espera de alguém talvez deste mesmo meio. Mas minha prioridade sempre foi ser fiel ao que eu acredito, independente de estrutura e expectativa. Isso é o mais importante. Então, durante muito tempo e até hoje convivo com esse dilema, mas é ele que mais me desafia e impulsiona a persistir caminhando em direção aquilo que eu acredito. Sempre a gente vai ouvir as pessoas querendo ditar o que não acha adequado ou certo. Ouvi muito e até hoje escuto. Por ouvir tanto que persisto naquilo que creio. Mas o mais importante realmente é a gente saber realmente quem a gente é e o que a gente quer". 

 

(Foto destaque: Priscilla Alcantara. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário