Notícias

Presa de elefante da pré-história é encontrada em Israel

A presa de aproximadamente 500.000 anos atrás foi encontrada na região costeira de Israel, onde elefantes pré-históricos costumavam caminhar por aquela região

3 min de leitura
31 Ago 2022 - 15h07 | Atualizado em 31 Ago 2022 - 15h07

Nesta quarta-feira (31), um grupo de arqueólogos israelenses encontraram uma presa de um elefante do  período pré-histórico em escavações na região de Revadim, na costa de Israel. A presa possui 2,6 metros de comprimento e pesa aproximadamente 125 Kg, além disso ela é a mais antiga já encontrada no Oriente Médio.

De acordo com a Autoridade de Antiguidades de Israel (AAI), o elefante que possuía essa presa deveria medir entre 4 ou 5 metros. Além disso, na região costeira de Israel, local onde a presa foi encontrada, no período da pré-história, era um ambiente pelo qual elefantes gigantes costumavam caminhar e pastar há meio milhão de anos.


Representação de um elefante pré-histórico (Foto:Reprodução/BioDiversity4All)


O diretor das escavações da instituição, Avi Levy, disse em entrevista que a descoberta foi fantástica, que a presa está em bom estado e bem preservada, e que é possível dizer que o órgão vem de um elefante que possui presas retas, espécie extinta há quase 400.000 anos. A descoberta da presa foi uma surpresa, pois ossos de elefantes gigantes já haviam sido encontrados anteriormente, mas essa foi a primeira presa.

Além da presa, os arqueólogos também encontraram na mesma região, algumas ferramentas de pederneira dos homens pré-históricos, tais ferramentas eram usadas na época para retirar e esfolar membros de animais. A partir disso, o professor de arqueologia da Universidade de Ben Gurion de Beersheva, Ofer Marder, e o diretor de pré-história da AAI, Ianir Melevski, começaram a se questionar se foram os humanos que usaram das ferramentas a sua disposição para retirar a presa do elefante e se ela poderia ter algum significado social ou espiritual para as pessoas da época, já que o órgão foi encontrado separado do resto do animal. Porém, essas respostas só poderão ser respondidas depois de um estudo mais aprofundado na presa e nas ferramentas pré-históricas encontradas.

 

Foto destaque: Reprodução/Menahem Kahana/AFP

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo