Tech

Óculos inteligentes com design discreto são a nova aposta do Facebook e da parceira Ray-ban

Ray-ban Stories será, segundo o Facebook, o novo jeito de capturar, compartilhar e ouvir mídia. Com as mesmas funções de um smartphone, a estratégia para atrair o público é através do design.

3 min de leitura
14 Set 2021 - 20h47 | Atulizado em 14 Set 2021 - 20h47

O Facebook, em parceria com a Ray-ban, acaba de lançar os óculos inteligentes Ray-ban Stories, que funcionam como um smartphone. Pesando apenas um pouco a mais que óculos comuns (cinco gramas, segundo o Facebook), eles têm 20 variações de design e cores, e câmeras discretas nos cantos da armação para capturar fotos ou vídeos, além de serem capazes de se conectar com as principais redes sociais.

As câmeras de cinco megapixels do Ray-ban Stories, que fazem fotos e gravam vídeos de até 30 segundos, podem ser acionadas por um botão na lateral da armação dos óculos, ou por comando de voz. É possível ainda fazer ligações, ouvir música, e manipular opções no touchpad existente na lente direita do dispositivo.


 

Luz branca acende quando a câmera está em uso. (Foto: Divulgação/Facebook)


Disponíveis nos famosos modelos Wayfarer, Round e Meteor, cinco opções de cores e lentes transparentes, transitions, de sol ou prescrição, a aposta das marcas é atrair o público com “os primeiros óculos inteligentes que as pessoas vão querer usar”, segundo Hind Hobeika, gerente de produto para dispositivos de realidade aumentada no Facebook Reality Labs. Os óculos que vêm sendo lançados nos últimos nove anos não deslancharam, e basta saber se a estratégia do Facebook mudará esta realidade.


Modelos do dispositivo. (Foto: Divulgação/Facebook)


Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, disse em um vídeo de divulgação que a intenção do acessório é “compartilhar experiências do seu ponto de vista” e “viver o momento sem pegar o seu telefone”. Defensor do futuro vivido no metaverso, uma espécie de ambiente virtual para se conectar com pessoas em espaços digitais, Mark ainda declarou que com o Ray-Ban Stories o usuário “não terá que escolher entre interagir com um dispositivo ou com o mundo a sua volta”.


A intenção é "viver o momento". (Video: Reprodução/YouTube)


Com esta declaração apaixonada, o Facebook mostra querer vender um estilo de vida: pessoas conectadas apesar das distâncias, e aproveitando as suas vidas com emoção. Mas ainda atrás de likes e seguidores.

Facebook aposta em aplicativo de realidade virtual para trabalho remoto

Facebook estuda mudanças para anúncios discriminatórios após denúncias de ONG

Whatsapp vai parar de funcionar em 40 smartphones; saiba quais

Os óculos, disponíveis por enquanto apenas em seis países (EUA, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Itália e Austrália), custam a partir de US$ 299,00 e não têm previsão de lançamento ou preço no Brasil.   

 

(Foto destaque: Em parceria com Ray-ban, Facebook lança óculos inteligentes - Divulgação/Facebook)

Deixe um comentário