Celebridades

Nicki Minaj tem vídeo removido do YouTube e acusa plataforma de boicote

Nesta segunda-feira (26), Nicki Minaj postou uma captura de tela de uma notificação que recebeu do YouTube informando que seu clipe da música “Likkle Miss Remix” havia sido removido da plataforma por conter conteúdo impróprio.

3 min de leitura
26 Set 2022 - 19h15 | Atualizado em 26 Set 2022 - 19h15

Nicki Minaj usou o seu perfil oficial no Instagram, nesta segunda-feira (26), para acusar o YouTube de boicotar o número de visualizações do seu clipe e de se promover em cima de seu canal com anúncios. A rapper de 39 anos teve o clipe da música Likkle Miss, versão remix, deletado da plataforma por ser considerado impróprio para menores de idade.

Embora o YouTube tenha diretrizes rígidas em relação ao conteúdo permitido em sua plataforma, os rappers frequentemente criticam a gigante do streaming por impor regras que outras pessoas, supostamente, têm permissão para quebrar e, desta vez, Nicki Minaj mostrou sua insatisfação ao postar uma captura de tela de uma notificação que recebeu do YouTube informando que seu clipe com Skeng havia sido removido.


Notificação recebida por Nicki Minaj (Foto: Reprodução/Instagram)


A artista acredita que pode perder visualizações agora que uma limitação foi implementada, já que a notificação afirmava que o seu vídeo “pode não ser adequada para espectadores com menos de 18 anos”.

“Imaginem isto. Eles restringiram meu vídeo, mas têm coisas um milhão de vezes piores na sua plataforma.” Nicki compartilhou na legenda do seu post no Instagram. “Isto é o que eles fazem para te impedir de ganhar enquanto fazem anúncios para outras pessoas e publicam falsas estatísticas.”

Ela ainda acrescentou: “porque as mesmas pessoas que dirigem o YouTube estão na cama com uma certa gravadora e empresa de agenciamento.”


Nicki Minaj. (Foto: Reprodução/Instagram)


A cantora ainda sugeriu que estava sendo boicotada pela plataforma.

“Isto foi feito para nos impedir de obter muitas visualizações nas primeiras 24 horas. Os caras da minha gravadora permitem que as pessoas usem os meus vídeos o tempo todo para promover coisas fracas, mas dizem que não podemos pagar promoções para os meus vídeos. @youtube @youtubemusic está na hora de dizer às pessoas que vocês estão atados com uma gravadora e empresa de agenciamento!!!! Por quanto tempo vocês estão jogando o jogo dos números para mentir e fingir para as pessoas que elas estão indo "bem" quando não estão?!?!! Quanto espaço de anúncio esses caras compraram para serem promovidos no meu canal nos últimos 5 anos?!??!!!!”, desabafou a rapper norte-americana com um longo texto.

Horas depois de Nicki Minaj relatar o episódio, o YouTube removeu a restrição do clipe de Likkle Miss.

Foto Destaque: Nicki Minaj. Reprodução: Instagram.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo