Notícias

Monique Medeiros tem prisão revogada pelo STJ

Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, tem prisão revogada pelo STJ e responderá o processo por tortura e homicídio triplamente qualificado em liberdade.

3 min de leitura
27 Ago 2022 - 10h40 | Atualizado em 27 Ago 2022 - 10h40

Nesta sexta-feira, dia 26, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha determinou a revogação da prisão preventiva de Monique Medeiros, que responderá o processo em liberdade. Monique é ré por tortura e homicídio do próprio filho, Henry Borel, em março de 2021. Seu então namorado na época, o médico e ex-vereador Jairinho, continua preso.

Na decisão do ministro do STJ, foi deferido o pedido de habeas corpus dos advogados Camila Jacome, Hugo Novais e Thiago Minagé e a prisão preventiva foi revogada. Em abril deste ano, Monique teve sua prisão substituída pelo monitoramento eletrônico pela juíza Elizabeth Machado Louro. Mas novamente teve a prisão restabelecida após recurso do promotor Fábio Vieira e votação dos desembargadores da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio. Para o ministro, a decisão da 7º Câmara não se fundamentou, sendo a ré submetida a constrangimento ilegal.


Monique Medeiros em audiência do caso Henry Borel (Foto Reprodução Marcos Porto/Agência O Dia)


No despacho, João Otávio de Noronha pontua que a decisão precisa ser tomada afastando-se do clamor público e da comoção social, segundo a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça. Como a ré não havia como interferir na investigação ou no andamento do processo, que está aguardando julgamento e estava sofrendo ameaças dentro da unidade prisional, a prisão preventiva foi substituída por medidas cautelares alternativas.

Em nota, os advogados Camila Jacome, Hugo Novais e Thiago Minagé comemoram a decisão e afirmaram sempre ter confiado no judiciário brasileiro. Monique, que está presa em uma cela individual no Instituto Penal Santo Expedito, em Bangu, já deve sair neste sábado, após a comunicação da decisão pela Câmara de Justiça.

Leniel Borel, pai de Henry, se manifestou com indignação diante da revogação da prisão de Monique e afirmou que irá recorrer da decisão unilateral do judiciário brasileiro. Leniel e o promotor Fábio Vieira pedem a pronúncia de Monique Medeiros e Jairinho, para que o casal seja julgado por júri popular.  A decisão final será da juíza Elizabeth Machado Louro.

Foto Destaque: Monique Medeiros em abril de 2022. Foto: Ana Branco/Reprodução O Globo 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo