Notícias

Ministro de Minas e Energia promete que em 2022 custo de energia irá diminuir

O ministro afirma que 40% dos consumidores que praticaram economia voluntária de energia em ao menos 10% terão um abatimento de R$ 2,4 bilhões no próximo talão de conta.

3 min de leitura
21 Jan 2022 - 21h09 | Atualizado em 21 Jan 2022 - 21h09

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, durante transmissão de live nesta quinta-feira (20), ressaltou que as contas de luz ficaram “um pouco” mais caras comparado ao ano passado. Contudo, Bento garantiu que em 2022 o custo diminuirá, desde que seja recuperado os reservatórios do país.  

Na live, ele mencionou sobre o aumento de 22% na tarifa, e diz que esta porcentagem está ligada a geração termelétrica excepcional que tiveram que realizar, além da importação de energia. “Mas o importante é que o país superou essa crise energética, nós não tivemos racionamento, não tivemos apagão. Foi muito diferente do que ocorreu em nosso país em 2001", finalizou.  


Promessa que em conta de energia irá diminuir em 2022. (Foto: Reprodução / Getty Imagens) 


Segundo o ministro ainda que as contas estejam mais caras, ele acredita que a população vem “superando” esta questão, ressalta que ainda sim o país continua crescendo, gerando emprego e até renda.  

O presidente Jair Bolsonaro, que esteve ao lado do ministro durante a live, enfatizou que a adoção da tarifa de escassez hídrica não é "maldade" do governo e nem da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).  

"Não é você [Bento Albuquerque] que decide, nem eu. Quando se abre uma bandeira na conta de energia elétrica, é para você poder pagar a fonte de energia que é mais cara do que a hidrelétrica. Obviamente, a gente não sabe quando, mas vai acabar", comentou. 

Albuquerque então enfatizou que a recuperação das hidrelétricas, além de possibilitar segurança energética fará com que o custo da energia eventualmente diminua.  

"Estamos trabalhando, presidente, para recuperar os nossos reservatórios e isso vai ser fundamental para que em 2022 tenhamos total segurança e, evidentemente, que o custo da energia vai cair, vai descer muito", disse.  

O ministro afirma que 40% dos consumidores que praticaram economia voluntária de energia em ao menos 10% terão um abatimento de R$ 2,4 bilhões no próximo talão de conta. 

A medida está relacionada com o Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica. Os ativos do programa são consumidores classificados como grupo B (baixa tensão) e grupo A (média e alta tensão), não somente das classes de consumo residencial, como também, industrial, comércio, serviços, rural e serviço público.  

As residências que participaram do Tarifa Social de Energia Elétrica, irão receber um bônus, benefício do Governo Federal que fornece descontos na conta de luz de famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único ou no Benefício de Prestação Continuada (BPC). 

 

Foto destaque: Bento Albuquerque. Reprodução / Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo