Notícias

Ministério da Saúde lança campanha de conscientização para jovens no dia Mundial de combate a Aids

No boletim divulgado pela pasta da Saúde aponta que nos último dez anos, o número de casos acometidos pelo vírus aumentou 35 % entre gestantes e diminuiu entre crianças de até cinco anos

3 min de leitura
01 Dez 2022 - 20h05 | Atualizado em 01 Dez 2022 - 20h05

Nesta sexta-feira (1), o Ministério da Saúde iniciou uma campanha por todo o país de prevenção do HIV/Aids. O público alvo são jovens entre 15 a 24 anos, que é a faixa etária mais afetada pela doença. A campanha aconteceu hoje, no mesmo dia que é considerado o Dia Mundial de Combate a Aids.

De acordo com a pasta, atualmente 960 mil pessoas vivem com HIV no Brasil. Foram detectados 40,8 mil casos de HIV somente em 2021 e 35,2 mil de Aids, desse número, somente 727 mil estão realizando tratamento. "Precisamos humanizar o tratamento dessas pessoas não só no SUS. A gente não pode deixar que doenças como a Aids fiquem a margem diante de novas situações, como foi com a chegada da pandemia. Que a gente possa gerar equidade em todo o mundo para o tratamento do HIV”.


Campanha de Combate a Aids pelo Ministério da Saúde (Foto: Reprodução: Instagram/@minsaude)


A proposta da campanha é conscientizar e orientar sobre as maneiras de se proteger contra a doença, afirmou Sandra Barros, secretária de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos. Isso se dá pelo resultado do boletim divulgado e que revela que há maior foco em pessoas na faixa etária de 25 a 39 anos. De acordo com os dados, 51,7% dos casos registrados são em homens e 47,4% em mulheres. O Ministério da Saúde tem como prioridade a redução da mortalidade por Aids. Nesse sentido, foram elaboradas diversas estratégias para qualificação do cuidado e fortalecimento da rede de atenção e as pessoas com Aids em estágio avançado, com a incorporação de novos insumos para detecção de infecções oportunistas”, disse o Ministério.

Outro importante dado foi apontado no boletim divulgado pela pasta, que é a taxa de contaminação da Aids em crianças de cinco anos que diminuiu nos últimos dez anos, de 3,4 casos a cada 100 mil cidadãos em 2011 para 1,2 casos a cada 100 mil cidadãos em 2021. Número que corresponde a 66% de redução dos casos. Já os casos em gestantes tiveram um aumento de 35% no mesmo período. Segundo a pasta, para a diminuição da transmissão está sendo realizado um investimento em qualificação, acompanhamento e detecção da doença.

"A estratégia Certificação da Eliminação da Transmissão Vertical fortalece as gestões locais do SUS para aprimorarem ações de vigilância, diagnóstico, assistência e tratamentos das grávidas e capacitação de profissionais da área. ”, conclui ela.

 

Foto Destaque: Ministério da Saúde anuncia campanha de prevenção a Aids nesta quinta-feira (1). Reprodução/Julia Prado/MS

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo