Celebridades

Milton Neves revela que foi roubado por ex-funcionário: "Cerca de 17 milhões"

O jornalista contou que confiou suas finanças durante quase duas décadas a um ex-funcionário que lhe roubou. Milton Neves explicou como tudo acontecia e deu detalhes sobre o caso.

3 min de leitura
02 Jul 2022 - 11h47 | Atualizado em 02 Jul 2022 - 11h47

Nesta sexta-feira (01), Milton Neves revelou ter sido vítima de um golpe financeiro por parte de um ex-funcionário. Em entrevista ao programa ‘Melhor da Tarde’, da Band, o jornalista contou que o rombo no seu orçamento gira em torno de R$ 17 milhões e ele demorou quase duas décadas para perceber o prejuízo: "Ele me roubou por 18 anos".

O empresário confirmou que o caso está correndo na justiça e afirmou que o funcionário não era um desconhecido. "Eu fui padrinho de formatura da classe dele, filho de uma colega minha”, iniciou. Milton contou que a concedeu a oportunidade de emprego ao rapaz, devido a um vínculo familiar. “Ele estava desempregado, e a mãe dele procurou uma prima minha", relembrou.

O apresentador disse ter "colocado um vampiro para cuidar de seu banco de sangue", comparando a situação do funcionário que cuidava de suas finanças e as roubava. Ele contou que simplesmente assinava tudo o que o ajudante lhe entregava, sem desconfiar que estava assinando notas frias todo dia 5 ou 20 ao longo dos anos.


Entrevista do Milton Neves ao 'Melhor da Tarde' (Vídeo: Reprodução/YouTube)


Milton explicou que chegou a assinar documentos onde diziam que ele deveria pagar R$ 300 mil de imposto e mesmo assim não desconfiou. “Ele estava me roubando todos esses anos", expôs. O jornalista mostrou toda a sua decepção por ter confiado no homem e ter sido passado para trás. "Foi um inferno na minha vida, era muito dinheiro, nem fazia conta. Acreditei nesse cara”, desabafou.

O colunista do UOL comentou que o ex-funcionário foi um “ladrão quieto”, já que não fazia alarde das suas transações: “Quando mandei ele embora. Chamei o contador, que disse que ele tinha direito a receber R$ 900 mil. Dei R$ 1,5 milhão”. Logo após descobrir o furto, o jornalista contou ter demitido o ajudante por justa causa. Milton ainda revelou que o homem foi apontado pela delegacia e pelo Ministério Público como responsável pelos crimes, mas que o caso agora está nas mãos do juiz.

Foto Destaque: Milton Neves. Reprodução/Rubens Cavallari/Folhapress

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo