Notícias

Mancha de poluição no Rio Tietê aumenta 40% nos últimos 12 meses e se estende por 122 quilômetros

Mancha de poluição no Rio Tietê aumenta 40% nos últimos 12 meses e agora se estende por 122 quilômetros de água de boa qualidade foi reduzida de 124 km no ano passado para apenas 60 km, na atual medição, de acordo com relatório da Fundação SOS.

3 min de leitura
22 Set 2022 - 10h07 | Atualizado em 22 Set 2022 - 10h07

A mancha de poluição do Rio Tietê cresceu neste ano e agora se estendue por 122 quilômetros, um aumento de 43% em relação ao ano de 2021, quando atingiu 85 quilômetros, segundo relatório da Fundação SOS Mata Atlântica, os dados são do Observando o Tietê 2022, que foi divulgado nesta quinta-feira (22), Dia do Rio Tietê.

  Foi feito um monitoramento por uma equipe técnica da causa Água Limpa e mostra ainda que a água de boa qualidade foi reduzida de 124 quilômetros, no ano passado, para apenas 60 quilômetros, na atual medição, de acordo com relatório da Fundação SOS Mata Atlântica. 

 Segundo a fundação, o estudo foi realizado por 35 grupos voluntários, entre setembro de 2021 e agosto de 2022, desde a nascente, em Salesópolis, até Barra Bonita, a poluição tornou a água imprópria em 21,18% dos 576 km monitorados.


                         

Mancha de poluição no Rio Tietê (foto/reprodução: Agência Brasil)


O Rio Tietê, o maior rio Paulista, corta o estado de São Paulo de leste a oeste, tem cerca de 1100 quilômetros de extensão, e sofre com o despeso de esgoto e o descarte irregular do lixo, ao longo do trajeto formado por seis bacias hidrográficas. 

Com 1.100 quilômetros da nascente à foz, O Rio Tietê corta 265 municípios paulistas e este dia 22 de setembro é marcado como o dia do rio e é dividido em seis unidades de gerenciamento de recursos hídricos (UGRHs), também conhecidas como bacias hidrográficas.

O uso anormal de agrotóxicos de maneira indiscriminada e sem cuidado tem afetado o curso d’água, segundo a Fundação SOS Mata Atlântica e a maior concentração de produtos tóxicos na água gera a proliferação dessas algas, que já afetam atividades turísticas em Barra Bonita.

 A concentração de produtos químicos e de limpeza provoca uma espuma tóxica persistente e que impede a melhoria da qualidade d’água, que está atrelada a quantidade de oxigênio na água.

 

Foto Destaque: Rio Tietê em São Paulo  (Foto: Reprodução/Folha Uol)

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo