Notícias

Mais de 40 mortos foram encontrados em um caminhão no Texas, nos EUA

O veículo foi encontrado em uma estrada próxima a cidade de San Antonio, no estado do Texas, que fica a 250 km da fronteira entre Estados Unidos e México.

3 min de leitura
28 Jun 2022 - 09h35 | Atualizado em 28 Jun 2022 - 09h35

Nesta segunda-feira, dia 27, mais 46 corpos foram encontrados dentro de um caminhão próximo à cidade de San Antonio, no estado do Texas, nos Estados Unidos, a 250 km da fronteira com o México. No local foram resgatados 16 sobreviventes, entre eles 4 são crianças.

Oficiais estimam que essas pessoas teriam morrido devido ao calor intenso dentro do compartimento, pois a temperatura na cidade chegou a marca de 39,4 °C nesse dia e o ambiente não tinha uma forma de resfriamento aparentemente. Os sobreviventes encontrados estavam sofrendo de insolação e exaustão por conta do calor e foram levados para o hospital, segundo afirma o chefe dos bombeiros Charles Hood.

O caminhão foi encontrado por um trabalhador de uma empresa próxima ao local. Segundo o chefe do Departamento de Polícia de San Antonio, Willian Mcmanus, a pessoa que encontrou o veículo relatou que "ouviu um choro por ajuda e foi para investigar". Ele acrescenta que a testemunha encontrou a carreta com a porta aberta, por onde viu uma grande quantidade de mortos.


Autoridades cercam a área em que o caminhão foi encontrado. Reprodução/KABB


Conforme o jornal “The New York Times”, se tratava de  uma tentativa de cruzar a fronteira entre os EUA e o México com imigrantes ilegais, apesar de não terem sido reconhecidas as nacionalidades das vítimas. Segundo a polícia, dois dos sobreviventes são da Guatemala, mas os outros ainda não tiveram seus países de origem divulgados.

Marcelo Ebrard, ministro das Relações Exteriores do México, afirmou que o cônsul mexicano está indo para o local. Já o governador do Texas, Greg Abbott, disse que Joe Biden é o culpado por essas mortes e falou que o acontecimento “é o resultado de suas políticas mortais de fronteiras abertas”, completou afirmando que isso “mostra as consequências mortais da recusa dele (Joe Biden) de cumprir a lei”.

A polícia local já prendeu três suspeitos, porém não revelou se o motorista do veículo está entre eles.

Foto Destaque: corpo de bombeiros e a polícia retrando os corpos do local. Reprodução/KSAT

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo