Celebridades

Justiça condena Eduardo Costa a pagar R$31,5 mil em multa a Fernanda Lima

O cantor sertanejo Eduardo Costa deverá prestar serviços comunitários por 8 meses e pagar uma multa de 26 salários mínimos por difamar a apresentadora Fernanda Lima.

3 min de leitura
22 Fev 2022 - 14h51 | Atualizado em 22 Fev 2022 - 14h51

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) sentenciou o cantor sertanejo Eduardo Costa a pagar uma multa de 26 salários mínimos, aproximadamente R$31,5 mil, e a prestar serviços comunitários por 8 meses por crime de difamação contra a apresentadora Fernanda Lima. 

O caso ocorreu em novembro de 2018, quando Fernanda Lima apresentava o programa "Amor e Sexo", da TV Globo. Costa, na época, escreveu em seu Instagram que a então apresentadora era "imbecil", que se utilizava de "mamata" e que apresentava "programa para maconheiro e bandido".

"Mais de 60 milhões de brasileiros e brasileiras votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discruso esquerdista! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco e é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa para maconheiro, bandido, para esquerdista derrotado e para esses projetos de artista assim como ela?", escreveu ele.


Eduardo Costa e Fernanda Lima. (Foto: Reprodução/TV Foco)


A publicação aconteceu após Fenanda se manifestar a respeito da luta das mulheres pela libertação de esteriótipos, discorrendo o papel das mulheres na sociedade ao fim de um episódio de "Amor e Sexo". Após a divulgação desse post feito pelo cantor, Fernanda começou a receber ameaças e ataques de ódio. A juíza Maria Tereza Donatti, do 4° Juizado Especial Criminal do TJ-RJ, foi quem assinou a decisão, concluindo que o sertanejo havia cometido crime de difamação e cita em um trecho: "Verifico que as consequências do crime foram gravíssimas. Como amplamente demonstrado pela querelante, a politização de seu discurso, pelo querelado, gerou ataques de ódio e ameaças a ela e sua família, causando-lhe danos até hoje."

A defesa de Eduardo Costa alega que o cantor desculpou-se com a apresentadora durante o programa "Conversa com Bial" e solicitou o arquivamento do processo. "Falei pelos cotovelos. Penso da mesma forma, não retiro o que eu disse, mas quero me retratar pela forma, o jeito que coloquei. Poderia ter sido brando, tranquilo e comedido. Infelizmente não fui", se defendeu o cantor. A juíza não considerou a retratação, pois o pedido não foi aceito por Fernanda. 

 

Foto destaque: Fernanda Lima e Eduardo Costa. (Foto: Reprodução/Isto É)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo