Juliana Silveira fala do novo visual e reflete sobre sua profissão

Publicado 15 de Dec de 2020 às 17:25

A nossa eterna Floribella, Juliana Silveira, 39 anos, apareceu com o visual renovado, adotando franjinha. Em uma entrevista à revista ‘Quem’, a atriz conta sobre novo formato de trabalho artístico durante esta quarentena, por conta do Covid-19, além, de refletir, contando um pouco sobre sua profissão.


Juliana Silveira (Foto: Reprodução/Instagram)


A atriz paulistana, iniciou a carreira como angelicat- assistente de palco da apresentadora Angélica, na década de 1990, trabalhando até seus 17 anos. Agora, está protagonizando a podnovela #Tdvaificar..., que conta com Lorena Comparato, Paloma Bernadi, Angela Vieira e Jairo Matos no elenco.

“Este trabalho foi um processo corajoso porque envolveu esse lado de experimentar tecnologia. Muitas vezes, a gente fica preso dentro da caixa. Acostumados com determinada forma de trabalhar. A parte boa da pandemia foi ter tempo, de não ficar automático e avaliar a maneira de pensar como artistas”, avalia Juliana Silveira, que atualmente, pode ser vista nas reprises de Laços de Família (Globo, 2000), como Paty, e de Floribella (Band, 2005), em que interpretou Maria Flor, protagonista da novela.

Leia mais: Miley-Cyrus-diz-que-sente-trauma-por-sexualidade-vigiada-na-adolescencia

Ela também, aproveitou para contar sobre a emoção de ver a novela, que foi um grande sucesso, ser reprisada, “Fiquei feliz em saber que uma nova geração vai poder conhecer a Florzinha e sua turma. Espero que se divirtam, cantem, dancem e sonhem muito com essa novela. Tenho certeza quem não assistiu vai se apaixonar pelo nosso elenco, pela leveza e alegria contida nessa narrativa. Floribella é um programa para toda a família, com música, comédia e uma linda história de amor. Espero que o público se entregue a essa magia. Um pouco de esperança se faz necessário neste momento que vivemos”, conta.


Juliana Silveira quando interpretou Floribella (Foto: Divulgação/Band)


Juliana também falou sobre a questão visual, em relação à podnovela, “É libertador se livrar da sua imagem. Cada um que crie a cara dos personagens. Estar em casa, à vontade, é bom, mas sou apegada, sinto falta do jogo de cena. Sou muito intuitiva, mas gosto de ser dirigida. Para este trabalho, eu me joguei”.

Mãe de Bento, de 9 anos, do casamento com João Vergara, está passando a quarentena em família e aproveita para se atualizar em leituras: Gostei de 'The Undoing', que tem drama, tem suspense e a musa Nicole Kidman. Devorei a primeira temporada de Emily em Paris, tem uma personagem carismática, a trama é ótima e os looks são de morrer. De leitura, eu não pulo um livro da autora americana Brené Brown”, diz.

(Foto Destaque: Juliana Silveira fala do novo visual e reflete sobre sua profissão. Reprodução: Instagram)

Deixe um comentário