Celebridades

Juliana Alves elogia bastidores da Globo após denúncias contra ex-diretor

Juliana elogiou o ambiente saudável durante as gravações da nova novela das seis 'Amor Perfeito', logo após o afastamento do diretor Vinicius Coimbra que foi acusado de racismo em 2022.

19 Mar 2023 - 14h12 | Atualizado em 19 Mar 2023 - 14h12
Juliana Alves elogia bastidores da Globo após denúncias contra ex-diretor Lorena Bueri

Juliana Alves enaltece o ambiente de trabalho nos bastidores da Globo. Ela elogiou o novo momento que a emissora tem passado com a presença de mais negros na novela. Os elogios tem ligação com o fato de que em março do ano passado (2022) o diretor Vinicius Coimbra foi demitido da TV Globo logo após receber denúncias de racismo, durante as gravações da novela Nos tempos do imperador, gravada em 2021.

De acordo com as falas de Juliana o ambiente de gravação de Amor Perfeito, novela que estreia nesta segunda (20), é muito mais saudável e acolhedor para atores negros. "Desde a criação, até quando me sento na cadeira de caracterização, já houve uma conversa do diretor com o time para nos respeitar [pessoas negras] e acolher nossa estrutura capilar, por exemplo.” diz a atriz à revista Quem.

Juliana é amiga das atrizes Roberta Rodrigues, Cinara Leal e Dani Ornellas, que denunciaram Vinicius Coimbra na antiga novela das seis, e agora crê que os tempos são outros na emissora.


As atrizes Dani Ornellas, Roberta Rodrigues e Cinnara Leal. (Foto: Reprodução/Colagem)


Não há porque negar as origens. Se as outras novelas negavam esse Brasil, essa dá protagonismo e deixa ele predominar" concluiu. Juliana estreará como a personagem Wanda Pacheco, uma mulher moderna, cosmopolita e dona da loja A Brasileira Elegante.

Relembrando as acusações contra Vinícius Coimbra

O caso aconteceu durante as gravações da novela exibida na grade da rede Globo em 2021. As denúncias vieram das atrizes Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta rodrigues, e foi divulgado em fevereiro do ano passado (2022) pela colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bergamo. 

Segundo as atrizes o elenco era segregado entre negros e brancos, e existia uma diferença de tratamento entre eles. Entre as diferenças foram citadas as dos salários e distribuição de camarins. 


Diretor Vinícius Coimbra. (Foto:Reprodução/João Cotta/TV Globo)


Em contrapartida, Coimbra disse à Folha de S. Paulo para a  colunista Cristina Padiglione ter cometido um erro ao criar um grupo de conversa somente com atores negros (sem a presença de brancos) para debater o tema. "Criei um grupo com os artistas negros e a supervisora de texto intitulado Diálogos, um canal direto para que pudessem trazer mais rapidamente qualquer problema nos bastidores, ou sugestões ao texto, caso quisessem, sem nenhuma obrigação” disse.

"Tentei cuidar dos artistas também através da obra, para que todos fossem felizes com seus personagens. Mas hoje entendo que errei ao ter uma conversa somente com artistas negros e também ao criar um grupo com eles. O que para mim era um cuidado, para eles pode ter sido um incômodo. Pedi-lhes desculpas por isso durante a novela, algumas vezes", completou o diretor.

Vinicius certificou que não responde a qualquer processo, quando perguntado se acha que foi racista nesse caso ele esquivou da pergunta, porém comentou da importância de rever atitudes cometidas por pessoas brancas na esfera social.

Foto Destaque. Juliana Alves interpreta Wanda em 'Amor Perfeito'.  Reprodução/João Miguel Jr./Divulgação TV Globo

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo