Jessie J descobre doença após acordar sem audição na véspera de Natal

Publicado 28 de Dec de 2020 às 16:49

O Natal da cantora Jessie J não foi nada bom. Isso porque a cantora britânica, de 32 anos, descobriu na véspera do dia 25 que sofre da Síndrome de Ménière, uma doença que afeta o ouvido e causa crises de vertigem, zumbidos e possibilidade de perda de audição.

Em uma transmissão ao vivo em suas redes sociais, Jessie contou ter acordado no último dia 24 de dezembro sem audição no ouvido direito e ''sem conseguir andar em linha reta'' antes de ir ao hospital checar os sintomas. Ela então, foi diagnosticada com a síndrome.

Leia Mais: Klara Castanho diz que não gosta de expor seus namoros


Jessie JJessie J postou sobre a Síndrome de Ménière (Foto: Reprodução/Instagram)


''Eu conheço várias pessoas que sofrem com isso e várias falaram comigo e me deram dicas ótimas, então estou descansando no silêncio'', contou. ''Essa foi a primeira vez que consegui cantar e aguentar o barulho. Estou com saudade de cantar e estar perto das pessoas''.

Ela continuou: ''Poderia ser muito pior, na verdade. Estou muito grata pela minha saúde. Eu só fui pega de surpresa. Era véspera de Natal e eu estava no hospital pensando 'o que está acontecendo?', mas estou feliz de ter ido logo e descobriram o que era com rapidez e logo me deram os remédios certos e estou me sentindo bem melhor hoje. Faz muito tempo que não canto e quando canto muito alto parece que tem alguém querendo sair de dentro da minha orelha'', desabafou a cantora.

Na sexta-feira (25), Jessie compartilhou uma nova selfie em seu perfil e também comentou sobre a doença ao fazer uma pequena lista de feitos do dia:

''Hoje eu...

1. Fui a um médico do ouvido e descobri que tenho síndrome de Ménière;

2. Tirei uma soneca;

3. Fiz macarrão;

4. Pintei minhas sobrancelhas;

5. Fiz uma limpeza de pele em mim;

6. Me cobri de óleo de coco e fiquei andando pelada para secar enquanto ouvia músicas de Natal. Foi tão estranho quanto parece;

7. Chorei bastante com saudade dos meus amigos e família no Reino Unido, é importante extravasar e se permitir sentir ao invés de ignorar. Não tem nada que possa ser feito, então não deixe isso arruinar seu Natal;

8. Troquei mensagens com as pessoas que me fazem quem eu sou;

9. Escrevi algumas metas para 2021;

10. Agora estou assistindo a O Gambito da Rainha com meu dedo na minha orelha. Assisti ao primeiro episódio quatro vezes porque não tenho foco e parece que alguém entrou na minha orelha e ligou um secador de cabelo. 

Uma vibe de véspera de Natal MUITO não tradicional. Enviamos AMOR para todos que precisam, que estejam ou não sozinhos. Todos precisamos de um pouco de amor e mais. Esse Natal pode parecer meio estranho, mas uma vez na vida não é tão ruim quando outras pessoas nunca tiveram um bom na vida. Nessa semana, pense no que você tem, e não no que não tem. Eu estou muito grata, aproveitando ao máximo esse tempo sozinha, talvez eu nunca tenha isso de novo. Feliz Natal. Se lembre de usar máscaras e tomar cuidado por aí. Nós temos que trabalhar juntos para superar tudo isso e LAVE suas mãos cheias de farelos de torta'' .

Síndrome de Ménière

A Síndrome de Ménière é caracterizada, normalmente, pelo aumento da pressão endolinfa, líquido existente no labirinto que fica dentro do ouvido. As causas ainda não são comprovadas e estudos demonstram algumas ligações com diabetes, alterações da tireóide e doenças autoimunes, além de traumas acústicos, hipertensão arterial e processos infecciosos. A doença não tem cura, mas há tratamento.

 

(Foto destaque: Jessie J. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário